Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Silvinho: "confio no meu futebol e sei que se receber a bola dou conta do recado"

Atacante concedeu coletiva e falou sobre a conversa que teve com o técnico Paulo Baier antes da partida contra o Mirassol
Heitor Araujo
Por Heitor Araujo Criciúma, SC, 20/09/2021 - 16:05Atualizado em 20/09/2021 - 16:05
Foto: Celso da Luz / Criciúma E.C.
Foto: Celso da Luz / Criciúma E.C.

Contratação que elevou o patamar do Tigre dentro da Série C, o atacante Silvinho revelou ter conversado com o técnico Paulo Baier antes da partida contra o Mirassol, com o intuituo de melhorar o desempenho individual e da equipe, após dois tropeços na competição, o que adiou a classificação do time para a 17ª rodada, quando, com um gol de Silvinho, goleou o Mirassol no Heriberto Hülse.

Em coletiva, Silvinho falou bastante sobre os problemas que o time enfrentou, especialmente, nos jogos contra o Paraná e o Botafogo. O atacante admitiu que o time pode ter mais aproximação para ter um melhor desempenho e, antes do jogo contra o Mirassol, conversou com o técnico para ter maior participação durante os jogos.

"Eu preciso receber a bola, o Paulo sabe disso. Tivemos uma conversa boa essa semana antes do jogo contra o Mirassol. Sou um jogador que preciso receber a bola, estar sempre com ela. Mesmo que seja um passe simples para o zagueiro, preciso encostar na bola para estar em movimentação no jogo", disse o atacante.

"Infelizmente a gente não conseguiu ficar tanto com a bola nos jogos contra Paraná e Botafogo, isso acaba me prejudicando. Contra o Mirassol a gente teve o controle e consequentemente eu busquei mais a bola. Confio muito no meu futebol e sei que se eu receber a bola, posso dar conta do recado", completou 

O atacante é um dos artilheiros do Tigre na Série C: tem três gols, o mesmo número do centroavante Marcão. Silvinho admitiu a pouca produtividade do time na partida contra o Paraná e lamentou as chances perdidas contra o Botafogo, em dois jogos que o Criciúma deixou escapar a classificação antecipada na Série C.

A produtividade do Criciúma tem sido um dos motivos de críticas, mesmo com o time classificado na competição após golear o Mirassol por 3 x 0. Para Silvinho, a aproximação entre os jogadores pode ser a chave para melhorar o desempenho da equipe.

"Temos oportunidades de jogar com mais aproximação, mas cada jogador tem sua característica. Às vezes um ou outro não tem a confiança de dar o passe. Com a bola longa, nossos atacantes brigam por ela para ficarmos com a segunda bola".

"O Baier conseguiu ajustar da melhor maneira possível no último jogo. Durante a semana, a gente fez bastante transição e movimentação, talvez o que faltou contra o Paraná. Contra o Botafogo as bolas não entraram. Treinamos muito finalização e duelos, foi o que aconteceu: as bolas entraram e ganhamos muitos duelos individuais", encerrou Silvinho.