Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Saúde, áreas industriais tratamento de esgoto são as prioridades de Noi para Morro da Fumaça

Prefeito reeleito definiu três metas prioritárias para desenvolver na cidade ao longo dos próximos quatro anos
Paulo Monteiro
Por Paulo Monteiro Morro da Fumaça - SC, 05/01/2021 - 09:30Atualizado em 05/01/2021 - 09:31
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Reeleito prefeito em Morro da Fumaça, Noi Coral (PP) inicia o seu quinto ano à frente da Prefeitura Municipal com três projetos já definidos para serem desenvolvidos ao longo de seu segundo mandato. Os focos para os próximos anos giram em torno do desenvolvimento de um grande projeto para a saúde, a construção de duas áreas industriais e, também, a consolidação do tratamento de esgoto na cidade.

Na área da saúde, uma parceria com o cardiologista Christian Dal Pont, um dos mais renomados da região sul catarinense, deve resultar em um programa cardiovascular para a prevenção da mortalidade.

“O programa funcionará dessa maneira: o primeiro exame solicitado mostrará ao paciente, nos próximos 10 anos, o risco dele de sofrer um infarto ou AVC. A partir daí, se faz todo o acompanhamento com mais exames, e o município banca todo o investimento deste programa”, declarou Noi.

Outro objetivo do prefeito é a consolidação da primeira área industrial de Morro da Fumaça, cujo projeto já está praticamente concluído. Desde 2020 o município vem dando uma atenção especial a uma área adquirida ainda em 2009, e todas as licenças para a construção da área já está pronta, com previsão de disponibilidade até maio deste ano. 

“Temos também um terreno reservado para uma segunda área industrial, com 20 hectares, e temos onde buscar recursos para adquirir e dar início a essa construção também. O Morro da Fumaça hoje possui muitas áreas industriais privadas, mas públicas nenhuma. Temos a certeza de que, tendo os terrenos disponíveis, conseguiremos atrair muitas empresas e aumentar a renda da população”, reforçou.

Já a terceira das três metas principais definidas por Noi para o município é também a mais importante, segundo ele mesmo. A construção de um saneamento básico de qualidade em Morro da Fumaça é algo que vem sendo trabalhado desde 2018, quando o município extinguiu o contrato com a antiga operadora de abastecimento de água e criou a Samae.

Foram R$ 2 milhões investidos no sistema, com a compra e instalação de macromedidores, bombas e novos filtros. “Com isso, revisamos o plano de saneamento e temos também, agora, o edital pronto para lançar a licitação e conseguir uma empresa para fazer o projeto de tratamento de esgoto. Com isso, pretendemos dar início em alguns bairros em 2022 a tão sonhada rede de tratamento de esgoto que o município tanto necessita”, destacou