Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

“Salvaro está colocando pressão, dizendo que o Hospital SC será fechado para outros municípios”

Ademir Magagnin, diz que os prefeitos Amrec não vão virar as costas para Criciúma, mas que a questão ainda tem que ser discutida
Por Clara Floriano Criciúma - SC, 25/08/2017 - 08:26Atualizado em 25/08/2017 - 08:34
(foto: divulgação)
(foto: divulgação)

“Às vezes, o Salvaro coloca pressão dizendo que o Hospital será fechado apenas para pacientes de Criciúma”, afirmou Ademir Magagnin, presidente da Amrec sobre o pedido do prefeito de Criciúma para dividir custos para operação e manutenção do Hospital Santa Catarina com outros municípios.

A proposta foi apresentada nesta quinta-feira (24) durante reunião da Associação. Magagnin declarou que os municípios da Amrec não são os únicos beneficiados, mas também os que compõem a Amesc e a Amurel.

“O que nós decidimos é que os prefeitos não disseram que virariam as costas para o Hospital Santa Catarina, mas que teria que ser discutido mais amplamente essa questão”, explicou Magagnin.

O presidente explicou que a situação foi encaminhada para análise dos secretários de saúde dos municípios vinculados a Amrec. O estudo tem prazo de um mês para ser concluído. Após conclusão, a associação deve decidir de que maneira os municípios contribuirão com os custos do hospital.

“Levantamentos que o governo do estado está assistindo tudo isso de camarote. Se os municípios abraçarem essa causa ele vai bater palma porque é o que ele quer. O governo tem que ter um comprometimento maior com a região, senão nós vamos ter que bancar com mais essa fatia”, esclareceu.