Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Salvaro deve ficar fora das eleições para governador de 2022

Prefeito diz estar focado em gerir Criciúma até o fim de seu mandato, que se encerra em 2024
Paulo Monteiro
Por Paulo Monteiro Criciúma - SC, 19/04/2021 - 07:52Atualizado em 19/04/2021 - 07:54
Foto: Arquivo / 4oito
Foto: Arquivo / 4oito

Com as eleições para governador cada vez mais próximas, começa-se a se especular os possíveis candidatos à presidência e, também, aos estados. Em Santa Catarina, muito se fala sobre a possibilidade do prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro (PSDB), concorrer à majoritária. O empresário, no entanto, afirma estar focado em comandar o município até o fim de seu mandato.

“O foco do prefeito Clésio Salvaro é governar a cidade até dezembro de 2024”, destacou Salvaro em entrevista ao programa Adelor Lessa desta segunda-feira, 19, quando questionado sobre as eleições de 2022.

O prefeito irá se reunir ainda na manhã desta segunda-feira com os prefeitos de Chapecó, João Rodrigues (PSD), e de São José, Orvino Coelho (PSD). O objetivo é trocar ideias e informações sobre políticas públicas que estão dando certo nos municípios e que podem ser adotadas tanto em Criciúma quanto nas duas outras cidades.

Salvaro afirma ainda que desde 2018 busca fazer essa conversa direta com prefeitos de outras regiões de Santa Catarina. Em 2020, no entanto, por conta da pandemia, o “rito” acabou sendo prejudicado.

“Buscar copiar alguns exemplos, temos essa condição de poder copiar bons exemplos e evitar erros e gastos públicos”, disse o prefeito de Criciúma. “A pauta número 1 é a pandemia, a gestão, e se puder falar de política também vamos falar, desse cenário difícil que os prefeitos e o setor produtivo de SC vem vivendo, por conta da instabilidade da questão da governança do Estado”, disse.