Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Regulamentação do Uber e afins começa a ser debatida em Criciúma

Reunião na sexta-feira contou com a participação de vereadores, DTT e motoristas
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 09/04/2018 - 16:55Atualizado em 09/04/2018 - 17:20
(foto: divulgação)
(foto: divulgação)

Após a aprovação da regulamentação dos serviços de transportes por aplicativos, Criciúma começou a se organizar. Foi realizada uma reunião na sexta-feira (6), envolvendo representantes da Associação dos Motoristas Particulares e por Aplicativos do Sul Catarinense (Ampasc), vereadores e a Diretoria de Trânsito e Transporte (DTT).

Tudo ainda é muito novo e de acordo com o diretor da DTT, Gustavo Medeiros, nenhum projeto foi apresentado pelos vereadores. “A questão é a regularização do Uber. O que começamos a discutir. Pensamos num parecer jurídico para ver de que forma será feito e foi encaminhado para a procuradoria do município”, contou Medeiros.

As exigências serão especificidades de cada município, podendo definir o que será cobrado e o que não será. Uma das ideias é que o imposto sobre viagens iniciadas e encerradas em Criciúma fique no município. Durante o encontro, os motoristas sugeriram pontos de reivindicações.

“Já tínhamos levado ao DTT algumas propostas, isso quando a lei foi promulgada. Ainda teremos outras reuniões antes que sejam feitos projetos na Câmara. É importante porque nós que estamos na rua”, afirmou o presidente da Ampasc e motorista da Uber, Robson Cechinel.

Tags: uber aplicativo