Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Região volta a registrar mais de 1,1 mil empregos formais no mês

Em outubro, foram adicionadas 1.116 vagas na soma dos 12 municípios, o segundo melhor desempenho do ano
Por Giovana Bordignon Criciúma, SC, 28/11/2023 - 15:15 Atualizado em 28/11/2023 - 17:17
Foto: Arquivo/Decom
Foto: Arquivo/Decom

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Após sete meses, a Região Carbonífera voltou a criar mais de 1,1 mil empregos formais no mês, conforme apontam os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), divulgados nesta terça-feira, 28, pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

Em outubro, foram adicionadas 1.116 vagas na soma dos 12 municípios, o segundo melhor desempenho do ano, atrás apenas do resultado obtido em março, quando o acréscimo chegou a 1.164 postos de trabalho com carteira assinada, já considerados os ajustes. Em outubro de 2022, o saldo havia sido de 484 empregos.

Criciúma liderou a geração de empregos formalizados em outubro, ao adicionar 604 vagas, enquanto Içara conquistou a vice-liderança, com 355. Também houve saldo positivo em Nova Veneza (47), Cocal do Sul (42), Orleans (22), Siderópolis (16), Forquilhinha (13), Urussanga (11), Balneário Rincão (10) e Lauro Müller (9). Em Treviso, ocorreu o fechamento de uma vaga e, em Morro da Fumaça, de 12.

Com o desempenho, a região fechou o mês com 153.272 pessoas trabalhando com carteira assinada, sendo 61.313 na indústria, 53.832 no setor de serviços, 30.449 no comércio, 7.068 na construção civil e 610 na agropecuária.

Três dos cinco grandes grupamentos econômicos tiveram saldo positivo em outubro: serviços, com 696; indústria, com 300; e comércio, com 168. Na agropecuária, o número de admissões e o de demissões foi o mesmo (26), enquanto a construção registrou 48 desligamentos a mais que contratações.

Acumulado do ano

No acumulado do ano, a Região Carbonífera ultrapassou a marca de 6 mil empregos formais adicionados. Das 6.079 novas vagas geradas entre janeiro e outubro, Criciúma contribuiu com 2.963, Içara com 979 e Orleans com 510.

Siderópolis adicionou 307, Urussanga somou 304, Morro da Fumaça acrescentou 258 e Forquilhinha colaborou com 240. Em Lauro Müller, o acumulado foi de 162 novos postos de trabalho, em Balneário Rincão de 149, em Nova Veneza de 141 e em Cocal do Sul de 88. Já Treviso registrou saldo negativo de 22 empregos no período.

Copyright © 2022.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito