Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Quarta partida, quarta derrota do Tigre no Brasileiro

Partida contra o CSA terminou em 3 a 1. Jogo teve gol contra e vaias da torcida carvoeira
Por Redação Criciúma - SC, 01/05/2018 - 17:49Atualizado em 01/05/2018 - 18:34
(foto: Caio Marcelo/ Criciúma EC)
(foto: Caio Marcelo/ Criciúma EC)

Quarta partida, quarta derrota do Criciúma na Série B do Campeonato Brasileiro. Na quarta rodada da competição nacional, a equipe carvoeira enfrentou o CSA e acabou perdendo por 3 a 1, com gol contra de Nino.

A primeira etapa começou fraca para ambos os clubes e, apesar do Tigre pressionar, o CSA foi quem abriu o placar com gol de Didira. Já no segundo tempo o Tigre conseguiu igualar a partida nos primeiros minutos, com gol de João Paulo. Mais tarde, Nino fez gol contra e deixou o adversário com vantagem.

Para terminar, Didira fez mais um para o CSA e muitos torcedores começaram a vaiar e ir embora do Heriberto Hulse.

Primeiro tempo

Na primeira etapa o Criciúma começou pressionando o CSA, mas sem criar chances. O Tigre manteve posse de bola e o visitante parecia perdido inicialmente, mas foi o primeiro a abrir o placar com gol de Didira, aos 31 minutos.

Após isso, João Paulo tentou igualar o placar, mas a bola subiu demais. Em seguida, Zé Carlos teve boa oportunidade, mas desperdiçou. Fim do primeiro tempo: Tigre 0, CSA 1.

Segundo tempo

O Tigre começou melhor na segunda etapa e igualou o placar logo nos primeiros minutos, com gol de João Paulo. Aos 12 minutos o Tigre teve mais uma chance com Nicolas.

Aos 14 minutos a situação ficou complicada para o Tigre. Isso porque Nino, em um deslize, marcou gol contra, deixando o CSA a frente novamente. O time tentou correr atrás do prejuízo e aos 25 minutos João Paulo quase marcou mais um.

Aos 37 minutos Didira marcou mais um para o visitante e a situação ficou feia para o Tigre. Neste momento, muitos torcedores começaram a ir embora e/ou vaiar a equipe carvoeira. Fim de jogo: Tigre 1, CSA 3. Ainda com bola rolando o atacante Zé Carlos discutiu com alguns torcedores.

Criciúma

Luiz; Natan, Nino, Sandro e Marlon; Liel, Alex Maranhão (Eduardo) e Elvis; João Paulo, Nicolas (Andrew) e Zé Carlos (Lucas Coelho).

CSA

Alexandre Cajuru; Celsinho, Leandro Souza, Xandão e Rafinha; Edinho, Ferrugem (Yuri), Daniel Costa (Velicka) e Didira; Niltinho e Michel Douglas.