Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Prefeito interino, Pedro Barp promete continuidade em Lauro Müller

Vice assumiu após afastamento de Valdir Fontanella e afirmou estar preparado para seguir projetos no município
Heitor Araujo
Por Heitor Araujo Lauro Müller - SC, 03/12/2019 - 07:38Atualizado em 03/12/2019 - 07:40
Barp disse ainda não ter acesso aos documentos de investigação (Foto: Denis Luciano)
Barp disse ainda não ter acesso aos documentos de investigação (Foto: Denis Luciano)

O vice-prefeito Pedro Barp assumiu interinamente a prefeitura de Lauro Müller após o afastamento de Valdir Fontanella (PP) do cargo na noite de segunda-feira, reflexo da Operação Seguindo Rastro. Barp, que já assumiu temporariamente a prefeitura em outras dez ocasiões, prometeu estar preparado e dar seguimento aos projetos assumidos pela gestão até o momento. 

"A responsabilidade é bem maior agora, mas tenho acompanhado a prefeitura e já assumi em outras dez vezes. O prefeito pode ficar tranquilo que vamos dar continuidade aos projetos. Eu não tenho mais intenção política (sobre concorrer futuramente). O tempo que eu ficar aqui, eu vou fazer gestão e procurar atender bem a população de Lauro Müller", afirmou Barp.

Ainda de acordo com o prefeito interino, a notícia da operação do Gaeco pegou a todos da gestão de surpresa. "Pegou todo mundo de surpresa. Recebi o comunicado por volta das 7h30 de segunda-feira e foi um choque. Temos que estar preparados para os momentos bons e para os momentos difíceis", destacou. 

Sobre o processo, Barp afirmou ainda não ter conhecimento sobre os documentos da investigação. "Não vi o processo, só tenho conhecimento através da imprensa. O prefeito já deve ter pego o processo. O afastamento é de até 180 dias, pode voltar amanhã, na próxima semana, depende das investigações", apontou. "Isso não é bom para administração nenhuma", concluiu Barp.