Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Prefeito de Timbé do Sul bate o pé e diz que não vai pagar a conta de luz da BR-285

Betinho Biava cita que existe projeto para a construção de um parque eólico, que garantirá a energia
Erik Behenck
Por Erik Behenck Timbé do Sul - SC, 30/01/2020 - 18:29Atualizado em 30/01/2020 - 18:31
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Timbé do Sul não vai pagar pela conta de energia elétrica na BR-285. “A serra vai ficar nas escuras se depender da Prefeitura”, afirmou o prefeito do município, Betinho Biava. É que na terça-feira, 28, o superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT), Ronaldo Barbosa, comentou que a iluminação seria responsabilidade da prefeitura.

“Nós não temos condições, nós pagamos R$ 27 mil por mês e recebemos R$ 13 mil, não vou assumir essa conta que daria R$ 30 mil. Enquanto eu for prefeito, não vou assumir isso”, disse Biava. 

Segundo ele, está para ser construído um parque eólico, que vai gerar energia elétrica para abastecer toda a rodovia, então não faz sentido a prefeitura de Timbé do Sul ser responsabilizada por este pagamento. “O engenheiro eletricista do DNIT falou que ia custar em torno de R$ 3,5 milhões, sobrando energia. Agora eles estão vindo com essa história”, disse.

A reclamação é de que a prefeitura já conta com um deficit na energia local e não pode assumir mais uma conta. “A fiação tá toda passada, os postes onde vão ser colocados, agora só falta o parque eólico”, comentou o prefeito.

Federalização de um trecho

Ainda não é federal um trecho na saída da BR-285 até a chegada da BR-101, o que deve acontecer em breve. “Segunda-feira eu vou no DNIT para ver como está a questão”, frisou.