Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Possíveis irregularidades de ex-prefeito de Criciúma serão analisadas pela Câmara

Tribunal de Contas recomendou rejeição das contas do município em 2016, durante gestão de Márcio Búrigo
Por Paulo Monteiro Criciúma - SC, 15/04/2021 - 09:35 Atualizado em 15/04/2021 - 10:01
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

A Câmara de Vereadores de Criciúma irá analisar as possíveis irregularidades referentes às contas de 2016 do município durante o mandato de Márcio Búrigo. Recentemente, o Tribunal de Contas de Santa Catarina recomendou a rejeição das contas do ex-chefe do executivo, assunto que será debatido em plenário.

A Câmara ainda não foi notificada oficialmente pelo Tribunal em relação à recomendação de rejeição. De acordo com o presidente da Casa, Arleu da Silveira (PSDB), o assunto será enviado à Comissão de Fiscalização e Finanças, que terá um prazo de 37 dias para definir o seu parecer e encaminhar ao plenário.

Nesse meio período, o ex-prefeito Márcio Búrigo será notificado em relação à análise e terá o prazo de cinco dias para apresentar a sua ampla defesa com relação a rejeição de contas em 2016.

“Sou obrigado a remeter na primeira sessão ordinária, assim que todos os vereadores tiverem conhecimento e também a defesa do ex-prefeito Márcio estiver protocolada, e o relatório da comissão de Finanças também estiver pronto", pontuou Arleu.

A expectativa é de que até o fim do mês de maio o relatório da comissão seja levado ao plenário da Câmara. “No parecer será discutido o que o relator colocar, com relação a situação dos documentos analisados por ele. O que estará em votação é a rejeição ou não das contas do ex-prefeito Márcio, tendo em vista que o Tribunal de Contas já recomendou. Para escapar do processo, o ex-prefeito precisaria dos votos de 12 vereadores”, disse.

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito