Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Polícia Civil esclarece estupro em menos de 48 horas e faz prisão

A vítima foi obrigada a manter relação sexual com o suspeito que cobria o rosto, usava luva e um alterador de voz para intimidá-la
Por Redação São Ludgero, SC, 25/04/2022 - 11:45 Atualizado em 25/04/2022 - 11:45
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

A Polícia Civil, através da Delegacia de Polícia do Município de São Ludgero, no Sul do Estado, esclareceu na sexta-feira (22) um estupro ocorrido no dia 20 de abril, por volta das 17h30min, em São Ludgero.

Conforme investigado, a vítima teria sido, mediante violência e grave ameaça, constrangida a manter relação sexual com o suspeito que, na oportunidade, estava com o rosto encoberto, assim como valia-se de luva e de alterador de voz para intimidá-la.

A vítima foi agredida fisicamente pelo homem e teve o seu rosto encoberto. As investigações apuraram que suspeito foi o irmão da vítima que se encontrava residindo no município de São Ludgero há cerca de três meses, sendo que, até então, não mantinha contato com a vítima.

Após o crime, o homem fugiu da cena do crime, retornando, logo em seguida, para dissimular prestar auxílios à vítima, acionando, inclusive, os órgãos de segurança. Na sexta-feira, após investigação da Polícia Civil, houve êxito em apurar os fatos com todas as circunstâncias.

A Polícia Civil representou pela prisão preventiva do investigado, que foi deferida pelo Poder Judiciário após manifestação favorável do Ministério Público. A prisão preventiva foi cumprida e o indiciado recolhido ao sistema prisional.

O inquérito policial será concluído no prazo legal após as diligências investigativas necessárias e será encaminhado ao Poder Judiciário e ao Ministério Público.

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito