Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Polícia Civil concluiu inquéritos que iniciaram a Operação Hera

Nessa fase, há sete indicados de Urussanga. Entre eles, três ex-servidores públicos e um vereador
Por Redação Urussanga, SC, 17/02/2022 - 13:14 Atualizado em 17/02/2022 - 13:17
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

A Polícia Civil, através da Delegacia de Polícia de Urussanga, conclui mais dois inquéritos da Operação Hera. Essas investigações iniciaram nos anos de 2020 e 2021, sendo uma originária de requisição do Ministério Público e a iniciada de ofício pela Polícia Civil.

O inquérito de 2020, requisitado pelo MP, visava apurar o uso de retroescavadeira da Secretaria da Agricultura em possível crime ambiental, além de ameaça contra o Fiscal da Fundação do Meio Ambiente, por parte do então Secretário da Agricultura e hoje vereador. Já o segundo visou apurar, além desse fato, crimes praticados no âmbito da Fundação Ambiental de Urussanga.

Após meses de investigação e a instauração de vários inquéritos subsequentes (ao todo mais 9 inquéritos, totalizando 11), foram identificados possíveis crimes ambientais, de advocacia administrativa, prevaricação, extravio de documento público, obstrução de atividade fiscalizatória e concessão de licença ou autorização em desconformidade com a lei.

Sete pessoas foram indiciadas, dentre eles três ex servidores públicos e um vereador. Restam, ainda, dois inquéritos para conclusão, que dependem da análise profunda de materiais e documentos apreendidos no dia 13 de dezembro de 2021.

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito