Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Pela obrigação de classificar, Tigre vai fazer uma guerra

Palavras são do atacante Michel, vice-artilheiro da Série C pelo Criciúma
Denis Luciano
Por Denis Luciano Criciúma, SC, 30/10/2020 - 16:33Atualizado em 30/10/2020 - 16:35
Michel focado para ganhar do Tombense no domingo / Divulgação
Michel focado para ganhar do Tombense no domingo / Divulgação

Dos 14 gols marcados pelo Criciúma em 12 jogos até aqui na Série C, cinco foram dele. Michel, além de artilheiro do Tigre, é o segundo principal goleador do Campeonato Brasileiro até aqui, atrás do artilheiro Fernando, do Ypiranga de Erechim, que já anotou sete, e ao lado de Hamilton (Manaus), Henan (Vila Nova), João Carlos e Saulo Mineiro (Volta Redonda), cada um desses autor de cinco gols também.

É com esse bom handicap, em meio a uma campanha instável do Tigre, que Michel deixa a promessa. "Temos sim a obrigação de levar o Criciúma à próxima fase. Dentro de casa vamos fazer uma guerra em busca desses três pontos que manterão a gente no G-4", afirmou. Eis o compromisso de Michel, e por consequência de todo o elenco, para o jogo do Criciúma neste domingo, às 16h, no Heriberto Hülse, contra o Tombense, pela décima terceira rodada da primeira fase. "Com certeza, dentro de casa o Criciúma tem que entrar para vencer, não importa o adversário, temos que ser determinados e focados", defendeu.

Michel se esquivou de questões táticas, se é melhor jogar com mais gente no ataque ou no meio. "Questão de esquema tático a gente deixa para a comissão técnica. Onde eu gosto de atuar eu estou atuando, ali eu fiz os gols, espero ter oportunidades e fazer gols novamente", observou. Mas ele reconheceu que há dificuldades na campanha até aqui. "São jogos muito difíceis, a Série C é muito competitiva. Quando a gente tem a oportunidade procuramos estar focados para fazer os gols", frisou.

O atacante tem boa expectativa em relação à produção ofensiva do Criciúma quando o meia Felipe Menezes estiver mais entrosado. "Com certeza, ele é um cara experiente, foi só o primeiro jogo dele, estamos nos conhecendo, ele vem pegando o ritmo. Ele e o Jean Lucas, nosso outro meia, vão dar a vida pelo objetivo do Criciúma", afirmou. 

Ele avalia também com otimismo o trabalho do técnico Itamar Schulle, que vai para sua quarta partida. Com ele, o Criciúma ganhou do Londrina (2 a 1), empatou com o São Bento (0 a 0) e perdeu para o Boa Esporte (2 a 0). Será, agora, o segundo jogo em casa com Itamar. "Vejo positivamente o trabalho, ele veio para agregar, tem nos ajudado, tanto ele, sua comissão e nós jogadores estamos juntos nesse objetivo", comentou Michel. Para o torcedor, a garantia de que vontade não faltará. "Muita vontade e determinação, é um jogo ímpar, temos que entrar concentrados, os três pontos não podem escapar, o torcedor pode esperar muita garra e vontade", finalizou.

Criciúma x Tombense, neste domingo, terá cobertura do Timaço da Rádio Som Maior e do Minuto a Minuto do 4oito a partir das 15h.