Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Operação flagra apenados que descumprem saídas temporárias

Somente no fim de semana do Dia dos Pais, foram 19 casos identificados pela PM em Criciúma
Denis Luciano
Por Denis Luciano Criciúma, SC, 14/08/2019 - 17:25Atualizado em 14/08/2019 - 18:24
Divulgação
Divulgação

A Comarca de Criciúma contava, no fim de semana de Dia dos Pais, com 53 apenados relacionados para serem alvos de fiscalização durante os dias de saída temporária. "A Justiça nos encaminha uma relação dos apenados e seus endereços, e fazemos a fiscalização do cumprimento dos requisitos da saída", confirma o coronel Cosme Manique Barreto, comandante da 6ª Região da Polícia Militar. Esse trabalho foi parte da Operação Pater, realizada pela Polícia Militar (PM) em todo o estado entre sexta-feira, 9, e domingo, 11.

Ocorre que, dos 53 apenados visitados, 19 não foram encontrados nos endereços indicados à Justiça nos horários estabelecidos. "Toque preso que está em liberdade condicional ou em uma saída de 7 dias para datas especiais tem um regramento a cumprir", explica o coronel. "A partir das 22h em dias de semana tem que estar em casa e nos fins de semana também. Esses regramentos são enviados pela Justiça à PM", reforça. Houve 34 apenados localizados, cumprindo os horários nos locais informados.

Nos casos dos presos que descumprem a regra, a Polícia Militar faz novas tentativas. "A PM faz as visitas rotineiras e aleatórias, para que não saibam o dia e o horário que a residência será verificada. Os que não são localizados, continuamos durante a semana fazendo vistorias, em uma programação constante", relata Manique Barreto. "Não encontrando, informamos a juíza corregedora que toma providências", afirma. Há casos em que os apenados sofrem sanções. "Já houve até regressões de regime por causa disso", detalha o comandante.

Operação positiva

De resto, a Operação Pater, cujo relatório foi divulgado pela PM, atuou fortemente em abordagens. "A população está entendendo bem as ações da polícia, respeitando as regras e cuidando da documentação", elogia o coronel. "Temos notado cada vez mais o cuidado dos motoristas com documentos e condições regulares dos carros, por isso os números de infrações são baixos", comenta.

Foram abordados 1.301 veículos, e 52 acabaram removidos, bem como 24 CNH´s recolhidas, 71 testes de alcoolemia aplicados e sete autos de embriaguez lavrados. Houve apreensão de 28 gramas de cocaína, 126 gramas de maconha e 1 grama de crack.

"Fazendo uma análise do efetivo total da PM em Santa Catarina e do número de envolvidos na operação, a abrangência foi muito positiva. Chegamos a ter mais de 4 mil PM´s atuando na somatória da sexta-feira e do sábado nas ruas", calcula o comandante. "Os PM´s fizeram um esforço acima da normalidade para defender a segurança", conclui. Na região, foram cerca de 470 policiais envolvidos.