Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

“O que é importante ressaltar, que as pessoas não joguem a toalha”

Milton Mendes acredita que Argel Fucks irá tirar o Criciúma da crise, desde que a torcida apoie
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 26/02/2018 - 16:36
Milton Mendes no Debate Aberto (foto: Denis Luciano)
Milton Mendes no Debate Aberto (foto: Denis Luciano)

Milton Mendes participou do Debate Aberto, na Rádio Som Maior nesta segunda-feira (26), falando sobre sua carreira, chance de treinar o Criciúma e o momento atual do clube. O técnico acredita que manter o controle é fundamental para sair da crise. 

“A instabilidade quando se instala, o jogador não consegue fazer muita coisa. Quando começou o Catarinense ninguém imaginava isso”, comentou. O Criciúma está na 9ª posição, na zona de rebaixamento do estadual.

Visitando sua cidade natal, Milton esteve no Heriberto Hülse, na partida de domingo (25), na derrota de 1 a 0 para o Figueirense. Ele destacou que a equipe criou boas chances, principalmente na bola parada de Alex Maranhão, também falou sobre a qualidade dos laterais carvoeiros.

“O que é importante ressaltar, que as pessoas não joguem a toalha. O Argel chegou agora, o Nei Pandolfo também. Eu tenho certeza que o Argel vai ajudar muito”, analisou.

Argel chegou ao clube e pediu 10 mil torcedores no clássico de domingo, 5.445 torcedores compareceram ao Heriberto Hülse, número bem mais do que nos jogos anteriores, incluindo jogos contra Chapecoense, Avaí e Joinville. “Eu vejo que esse é um momento de união. A torcida precisa se unir com o treinador e com os jogadores”, finalizou.