Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

“Nós esperamos que a justiça seja feita”, declara um dos autores do pedido de impeachment

Bruno Carreirão falou à Rádio Som Maior nesta quinta-feira
Marciano Bortolin
Por Marciano Bortolin Florianópolis, SC, 06/05/2021 - 19:32Atualizado em 06/05/2021 - 19:40
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Em entrevista ao Programa Ponto Final da Rádio Som Maior, um dos autores do pedido de impeachment contra o governador Carlos Moisés da Silva (PSL), advogado Bruno Carreirão, disse que espera que o governador seja condenado no caso dos respiradores. “Nós esperamos que a justiça seja feita e o governador seja condenado por sua omissão na compra fraudulenta dos respiradores que foi suficiente comprovada. Vamos com tranquilidade ao julgamento. Quero até mesmo fazer um desabafo. Se criou uma expectativa injusta por parte de alguns veículos de imprensa de que os autores do impeachment tentariam manobras para adiar o julgamento. Nunca houve protelação do processo pro nossa parte. Pelo contrário, sempre que fomos chamados para se manifestar o fizemos até mesmo antes do prazo. Desde agosto do ano passado nunca recorremos à judicialização porque entendemos que o processo de impeachment é politico e por isso não deve ser levado para o judiciário”, salientou.

Ele também falou não concordar com algumas definições do desembargador Ricardo Roesles, sobre o indeferimento de algumas provas.  “Sempre deixamos claro em todas as petições que as provas seriam complementares para reforçar as provas que já estão nos autos. Mas o crime de responsabilidade foi comprovado de forma mais que suficiente”, concluiu.