Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

"Não tem queda recente", garante Alisson Taddei

Meia aponta a meta do Criciúma, de voltar ao G-4 para ficar. Tigre volta a campo nesta sexta
Denis Luciano
Por Denis Luciano Criciúma, SC, 24/09/2020 - 11:12Atualizado em 24/09/2020 - 11:16
Foto: Celso da Luz / Criciúma EC / Arquivo
Foto: Celso da Luz / Criciúma EC / Arquivo

O Criciúma vai a campo nesta sexta-feira, 25, contra o São José de Porto Alegre, a partir das 20h, com a necessidade mais que urgente da vitória. Com os dois pontos somados nos últimos nove disputados, o Tigre saiu do G-4 do Grupo B da Série C. Com isso, o tricolor joga pressionado? "Pressionado não é a palavra certa, mas sim temos total responsabilidade, vamos fazer o nosso melhor, para que a gente possa sair com os três pontos", afirmou o meia Alisson Taddei. 

"Responsabilidade sim, pois temos uma meta de permanecer sempre no G-4, infelizmente saímos nessa rodada, vamos focar para fazer uma boa partida, voltar ao G-4", frisou o jogador. "O São José é uma boa equipe, semelhante ao Ypiranga", projetou.

"Não estávamos no nosso dia"

A derrota em Erechim, 2 a 0 no último domingo - a primeira do Criciúma nesta Série C -, ainda é lamentada. "Infelizmente a gente não estava no nosso dia. Um gramado muito pesado, não conseguimos ficar com a bola, isso prejudicou muito a nossa equipe", afirmou. "Não só pela derrota, pela forma que foi, a gente não se encontrou, a gente tentou mas a gente não estava no nosso dia, as coisas não estavam dando certo", justificou.

Mas para Alisson Taddei não há queda recente no desempenho do Criciúma no Brasileiro. "Não tem queda recente, fizemos uma boa partida contra o Ituano, poderíamos ter saído com os três pontos mas o extracampo não deixou, em Erechim não fizemos uma boa partida", observou. 

O técnico Roberto Cavalo promoveu várias alterações na equipe no jogo passado. Mas isso, segundo o meia, não interferiu tanto no desempenho. "A gente não estava no nosso dia, tentamos fazer o melhor, infelizmente as coisas não deram certo", reafirmou. "A gente está preparado para qualquer formação, a gente trabalha, a gente ouve, eles passam o que a gente precisa fazer, estaremos bem preparados contra o São José", completou.

Tem que jogar mais

Alisson reconhece que gosta mesmo é de jogar pelo meio de campo, e que está em um setor muito disputado no elenco tricolor. "Infelizmente a minha posição é muito disputada, tem bons jogadores, qualificados, a opção é do treinador, vamos ouvir o que ele tem a falar", sublinhou. "Seja qual for a forma, quero sempre estar dentro, gosto mesmo de jogar pelo meio, o que ele precisar de mim, quero corresponder à altura", emendou. Ele prometeu jogar mais, e melhor. "Venho de boas partidas mas sei que tenho muito o que evoluir, muito o que render, muito o que demonstrar, mas até o fim do campeonato vai dar certo", finalizou.

Criciúma x São José, nesta sexta, terá cobertura do Timaço da Som Maior a partir das 19h. Ouça a entrevista no podcast: