Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Não pagamento de diárias gera bate-boca entre vereadores (VÍDEO)

Em Urussanga, benefício não teria sido concedido a três vereadores do PP, além do assessor parlamentar
Por Enio Biz Urussanga, SC, 30/03/2022 - 09:14 Atualizado em 30/03/2022 - 09:55
Foto: Arquivo / 4oito
Foto: Arquivo / 4oito

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

A sessão ordinária na Câmara de Vereadores de Urussanga foi quente nesta terça-feira (29). A liberação de diárias gerou conflito, gritos e discussões entre parlamentares. Tudo começou quando o vereador Odivaldo Bonetti (PP) solicitou a votação de um recurso para que houvesse o ressarcimento das despesas dele, e de outros vereadores, em uma viagem oficial para Florianópolis, no qual teria sido negado pelo presidente da Casa, vereador Elson Roberto Ramos, Beto Cabeludo (MDB). O pedido de diária também seria para um assessor.

"Os três vereadores da bancada do PP solicitaram o uso do veículo e as diárias para irem até Florianópolis, pois tinha uma audiência com os deputados Zé Milton Scheffer e João Amin. Esse pedido foi indeferido pela presidência, sem informar o porquê. É um direito dos vereadores se deslocarem até qualquer outro lugar e receber as diárias, que é um reembolso das despesas. Portanto, estou nesse momento pedindo a colaboração de todos os vereadores, pois todos vocês se utilizam da mesma forma. Não é porque nós somos do PP que vai ser negado esse direito do vereador, de buscar recursos para Urussanga. Gostaria que vocês aprovasse esse recurso para que a presidência ordene o reembolso das diárias, seja vereadores do PP, e também as despesas que esse vereador teve com combustível, pois tive que ir com o meu carro", esclarece Bonetinho.

O presidente da Câmara, Elson Roberto Ramos, alegou que além dos vereadores do PP, a diária solicitada também seria para o assessor parlamentar do partido. "Primeiro, está aqui o requerimento da concessão, é público e todos podem ver. Só vou ler o início para comparar o que o vereador falou anteriormente. Os vereadores, todos do Partido Progressista, além do assessor parlamentar, também do PP...". Em seguida, Bonetinho pediu para que as diárias fossem concedidas aos vereadores e fosse indeferido o benefício ao assessor.

E a partir daí, iniciou o bate-boca entre Beto Cabeludo e Odivaldo Bonetti. A sessão foi suspensa por cinco minutos. Após isso, as discussões continuaram e a sessão foi encerrada.

Confira o podcast da discussão entre os vereadores de Urussanga:

Confira o vídeo no Youtube da Rádio Som Maior / 4oito:

Bancada do PP/PDT emite nota

Na manhã desta quarta-feira (30), as bancadas do Partido Progressista (PP) e Partido Democrático (PDT) emitiram um comunicado após o ocorrido. De acordo com a nota, "após recentes decisões parciais do Presidente da Câmara de Vereadores, na data de hoje protocolaremos Projetos de Lei e/ou Projetos de Resoluções que forem necessários, com o objetivo de VEDAR A CONCESSÃO DE DIÁRIAS a todos os agentes políticos municipais, seja para Vereadores, Prefeito, Vice-Prefeito e Secretários Municipais, sendo apenas permitida a concessão de diária a servidores públicos municipais", informa.

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito