Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Moacir Pereira: “Bolsonaro recuperou os símbolos nacionais”

Para jornalista político cenários apontados por pesquisas devem se consolidar
Por Clara Floriano Criciúma - SC, 27/10/2018 - 16:25Atualizado em 27/10/2018 - 18:09

O domingo será de segundo turno das Eleições 2018. Para o Governo do Estado, os catarinenses precisam escolher entre Comandante Moisés (PSL) e Gelson Merisio (PSD). Já em nível nacional a escolha é entre Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL). Foi sobre isso que o jornalista político Moacir Pereira comentou em entrevista a Som Maior na manhã de hoje.

“Em nível nacional, creio que, a não ser que haja um grande tsunami, não há o horizonte nada que sinalize mudança no cenário. Então, provavelmente no anuncio oficial do tribunal Superior Eleitoral teremos a confirmação das tendências e pesquisas com a eleição do deputado Jair Bolsonaro, do PSL. A diferença é muito acentuada”, contou.

Para Moacir, ainda que a diferença nas intenções de voto entre os presidenciáveis tenha diminuído nas últimas pesquisas, a distância entre eles é ainda significativa e uma virada do petista Fernando Haddad é quase impossível.

“Em Santa Catarina, por tudo que se sabe, a tendência é que deva dar o Moisés. A minha expectativa é que tenhamos Moisés como Governador e Bolsonaro como presidente da República”, afirmou.

O jornalista afirma ainda que não tem dúvidas que a partir da eleição e posse de Jair Bolsonaro, o Brasil viverá uma nova realidade com resgate da esperança e da ideia de patriotismo. “Bolsonaro tem este grande mérito, independente do resultado. Ele recuperou os símbolos nacionais. Você vê crianças, jovens e idosos com a bandeira nacional. Agora não é mais no futebol, é no exercício da cidadania. Não tenha receio de que haja qualquer ruptura”, esclareceu.