Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Julio Garcia quer Napoleão no PSD e critica presidente da Celesc

Presidente da Alesc cumpre sua primeira agenda no Sul após assumir o comando da casa
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 25/02/2019 - 09:42

Cumprindo sua primeira agenda no Sul após assumir a presidência da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), Julio Garcia concedeu entrevista ao Programa Adelor Lessa, falando sobre questões da Celesc, pente fino no governo e Napoleão Bernardes, que está sem partido e seria bem acolhido no PSD, conforme destacou o deputado.

“Seria uma honra muito grande estar no mesmo partido de Napoleão”, disse Garcia. No mesmo dia, antes do ex-prefeito de Blumenau comunicar que estava deixando o PSDB, almoçaram juntos, ainda com Ricardo Guidi e Raimundo Colombo. “Foi um encontro num local aberto, não tinha nada de escondido”, frisou o presidente da Alesc, comentando ainda que Napoleão contou sua decisão naquele momento.

Julio Garcia destacou que está analisando as contas da Alesc e garantiu que não vai utilizar aviões durante o seu mandato. “Durante o meu período de dois anos a Assembleia não vai gastar 1 centavo com avião. Nós estamos fazendo um levantamento e qualquer irregularidade vamos averiguar”, disse. “É uma prática que antes não havia. Eu acho descabível”, emendou.

E a situação da Celesc?

Para Garcia, a situação da estrutura da Celesc vai continuar como está, também falou sobre o presidente Cleicio Poleto Martins. “Eu acho que foi incompetente, um gestor público tem que se comunicar com a sociedade. Eu acho que foi deselegante e deseducado, mas prefiro ficar só na incompetência. Uma coisa é dirigir uma empresa privada, você não precisa se dirigir com a sociedade, mas quem dirige uma empresa pública precisa se comportar bem”, comentou.

Julio Garcia presidente do PSD?

O deputado falou que não será candidato à presidência estadual do partido, para evitar o acumulo de funções. “Eu sou um combatente desse tipo de ação que é querer tudo para si. O presidente do partido vai ter o meu apoio pessoal”, afirmou. “Vou cuidar da Assembleia Legislativa que já é uma tarefa bem difícil”, completou.

Tags: julio garcia