Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Jornalista fala sobre clima em Porto Alegre antes do julgamento de Lula

Ex-presidente chega ao município na tarde de hoje e deve participar de atividades e manifestação
Por Clara Floriano Criciúma - SC, 23/01/2018 - 10:44Atualizado em 23/01/2018 - 10:58
(foto: Douglas Magno/AFP)
(foto: Douglas Magno/AFP)

A partir desta quarta-feira as eleições 2018 começam a tomar novos rumos. Isso porque, a partir do meio-dia acontece o julgamento do ex-presidente Lula. O julgamento será feito pelo no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), em Porto Alegre. Segundo o jornalista Carlos Machado, da Rádio Guaíba de Porto Alegre, contou como está o clima no município.

“Aqui muitas pessoas de diversos partidos e movimentos sociais já chegaram e estão acampadas no Parque da Harmonia deste de ontem. Segundo o Movimento Sem Terra, aproximadamente 50 mil pessoas devem participar deste evento”, contou.

Para fazer garantir a segurança no local, as forças de segurança do Rio Grande do Sul montou um forte esquema na cidade. “Vai ter um isolamento na área do TRF4, que inicia hoje ao meio-dia e, a partir das 17h terá um congelamento total nas imediações do tribunal”, revelou.

Lula chega a Porto Alegra durante a tarde de hoje e deve participar de algumas atividades programadas e, no fim da tarde, participa de uma manifestação.

Uma série de atividades aconteceram agora pela manhã como o encontro das Mulheres pela Democracia e Direito do Lula ser Candidato, que vaio contar com a presença da ex-presidente Dilma e da deputada federal Manuela D’Ávila. O Movimento Brasil Livre (MBL) também está preparando atividades.

“O MBL disse que se o Lula for condenado vão fazer um Carnaval da comemoração. Se for absolvido vão fazer protesto contra o judiciário”, contou.

Segundo o jornalista, mais de 300 jornalistas de todo o mundo estarão em Porto Alegre. “Alguns destes poderão ter acesso dentro do tribunal através de um telão. Ninguém vai acompanhar o julgamento dentro da sala onde estarão os advogados e desembargadores. Uma parte da imprensa acompanha lá dentro e outra acompanha ao redor do tribunal”, afirmou.