Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Jorge Lacerda: Amin irá sugerir ao ministro reuniões mensais para estudo do complexo

Para senador, assunto precisa ser debatido a cada mês para que assunto não "esfrie"
Paulo Monteiro
Por Paulo Monteiro Brasília - DF, 14/01/2021 - 14:23Atualizado em 14/01/2021 - 14:23
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O possível fechamento do Complexo Termelétrico Jorge Lacerda segue mobilizando lideranças políticas de todo o Brasil. Nesta quarta-feira, 13, autoridades estiveram reunidas com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, para tratar sobre o estudo de soluções que está sendo desenvolvido e previsto para ser finalizado em junho deste ano. O senador Esperidião Amin, no entanto, irá sugerir ao ministro que reuniões mensais sejam feitas com o grupo que estuda soluções para a indústria carbonífera do sul catarinense, para que não haja desencontros durante os trabalhos.

“Vou sugerir ao ministro que haja uma avaliação desse estudo mensalmente, para que todos os meses o fórum parlamentar e a AGNES, e o grupo de trabalho criado pelo ministro façam uma reunião de avaliação. Se não, chegaremos em junho e muitos terão até mesmo esquecido o problema, amadureceu demais e podemos ter a surpresa de algum esquecimento", destacou o senador.

O senador participou brevemente da reunião, de forma remota, e acabou não fazendo a ponderação sobre o assunto que desejava. Segundo ele, reuniões mensais com o grupo que trata sobre a questão da Jorge Lacerda é essencial para que o assunto não esfrie ou que soluções desencontradas sejam debatidas somente em junho.

“Este é um assunto muito grave. Acho que isso [essas reuniões] é fundamental, para que não fique chovendo no molhado quando todos estão juntos, e passou a estiagem a gente esquece da seca. Essa é uma recomendação que pedirei ao ministro”, pontuou.