Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
Eleições 2020

Impressões dos candidatos de Forquilhinha sobre a pesquisa

Pré-candidatos citados nos cenários da pesquisa IPC/Som Maior/4oito comentaram os resultados
Vitor Netto
Por Vitor Netto Forquilhinha - SC, 16/07/2020 - 11:00Atualizado em 16/07/2020 - 11:27
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Rádio Som Maior e o Portal 4oito divulgaram, na manhã de quarta-feira, 16, a primeira pesquisa eleitoral para a prefeitura de Forquilhinha visando a eleição de 15 de novembro. O levantamento foi realizado pelo Instituto de Pesquisa Catarinense (IPC) e projetou sete pré-candidatos para a disputa que promete ser acirrada.

Confira também - Pesquisa confirma: cenário acirrado em Forquilhinha

Os pré-candidatos citados na pesquisa foram ouvidos pela Rádio Som Maior, fazendo suas avaliações sobre o pleito e a fase da campanha. Confira:

Carlos Nola - PSL

"Sou comerciante no bairro Santa Isabel, próximo ao centro de Forquilha. Estou aqui há 22 anos com o mesmo comércio. Quanto a esse projeto da nossa pré-candidatura, é um projeto de um grupo de pessoas, sejam elas funcionários públicos, agricultores, trabalhadores, empresários e pessoas de vários seguimentos. Pessoal quer fazer uma mudança, pessoal que está enjoado e cansado da política tradicional e quer uma coisa diferente. Quer uma coisa bem profissional, técnica e enxuta. Para isso que o nosso nome foi coloca. Não só o meu nome, foram colocados vários. Por composição foi colocado o meu nome. Coloco o nome à disposição de Forquilhinha e estamos aberto a conversação com várias pessoas".

 

Félix Hobold - PT

"Vimos com naturalidade a pesquisa, pelos números indicam que a eleição está totalmente aberta. Campanhas estão apenas começando e pela primeira vez estamos com o maior número de candaditados. Acho improtante isso, porque fortalece a democracia, promove o debate de ideias. E é um momento importante, um momento eleitoral, para todos os partidos e para a população, de forma geral, fazerem um grande debate sobre política. Tudo na nossa vida depende de política e por isso nós temos que fazer, a política do bom relacionamento, da paz, das ideias e não a políotica do ódio. Então nós temos esse grande desafio de levar um grande número de pessoas fazer esse debate tão importante que vamos encaminhar nas eleições no dia 15 de novembro". 

Geovane de Godoi - PL 

"Estou muito satisfeito com a divulgação da pesquisa onde na pergunta espontânea mostra um impate técnico. Nosso trabalho está com apenas 62 dias e isso demosntra que de fato o povo quer mudar. O grande desejo no município de Forquilhinha quer mudar e o povo sente necessidade de um gestor técnico e de uma administração com pessoas e experiência. Agradeço a todos que depositou a confiança no meu nome". 

Juliano Arns - Podemos 

"Nós do Podemos recebemos com bastante naturalidade esses números. Eles refletem o tempo de exposição, as estruturas de poder dos partidos tradicionais. Independente dos nomes, são partidos que tem muita estrutura colocada e posta aqui na cidade. Como nossa articulação é nova e com pessoas diferentes, nosso trabalho começa a aparecer daqui para frente. A pesquisa nos chama a atenção para dados interessantes: primeiro que nós temos menor rejeição, segundo que mais de 50% não definiram o voto. Além que quando restringe dois cenários para três candidaturas, infelizmente o Podemos não foi ensaiado, há um alto grau de pessoas que não votariam em nenhuma delas, o que sugere uma frenta aí para ser trabalhada. Até porque, achamos que muitos dos partidos tradicionais vão se arranjarem em composições e que não vai ficar com todos esses candidatos. Vemos com bastante naturalidade e temos um bom campo de trabalho pela frente".

Lei Alexandre - PP

"A gente acompanhou hoje de manhã os números da pesquisa e estou bem feliz com os resultados, nós que tivemos a dissidência do prefeito Dimas, que saiu do partido recentemente, acabou dando uma bagunçada, mas qualquer forma a gente está organizando as candidaturas a vereador neste momento, preparando, conversando com os partidos para uma possível composição. A pré-campanha serve para isso, para você começar a entender a população, o sentimento e o que ela quer. O que você vai fazer depois na campanha e na hora que chegar na administração. A população de Forquilhinha muito já me conhece, conhece o meu trabalho, o meu jeito de trabalhar, a minha seriedade, meu perfil e isso é bastante importante quando você coloca o nome para um processo de disputa tão acirrado como essa eleição. Estou bastante feliz e agradeço a todos que estão apoiando neste momento". 

Maciel da Soler - PDT

"São números que nos deixaram bastante satisfeitos, até porque lançamos a nossa pré-candidatura faz pouco tempo, há aproximadamente 30 dias, e estamos passando pela pandemia o que impede os encontros e dificulta que a nossa mensagem chegue para o eleitor. Mas os números nos dão a certeza que estamos em um caminho certo e nos próximos dias isso continuará crescendo. Sabemos como é articular com o governo do Estado, por isso que temos sempre o apoio e a companhia do deputado Rodrigo Minotto, que tem nos ajudado muito e vai ser um grande parceiro no município nesses próximos quatro anos. Mas estamos preparados para esse desafio". 

José Gonçalves, o Neguinho - PSD

"Estou muito feliz com o resultado da pesquisa, claro que tem as suas metodologias e as nossas pesquisas internas nos apontam um pouco mais a frente, mas o importante é que mostra que a eleição propositiva, bastante disputada e que vai ganhar a eleição que vai levar melhor a sua proposta de mudança para a população de Forquilhinha. Quero agradecer a todos que estão acreditando no nosso projeto, a minha esposa, aos partidos que integram neste momento o bloco de apoio a minha candidatura, que é o PSD, Republicanos e o Democratas. Quero cumprimentar todos os demais pré-candidatos e dizer que nós também estamos esperando novos partidos para abraçarem a campanha de mudaça das eleições, principalmente para adminsitrar o nosso município sabendo que o gestor vai ter que ter coragem e energia para enfrentar a crise após a Covid-19.