Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Importunação sexual agora é crime

Ato virou crime após onda de situações de ordem sexual em ônibus e metrôs
Por Clara Floriano Criciúma - SC, 27/09/2018 - 11:36Atualizado em 27/09/2018 - 11:40
(foto: Clara Floriano/ 4oito)
(foto: Clara Floriano/ 4oito)

A importunação sexual passou a ser considerada crime nesta semana. Isso porque o presidente da República em exercício, ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), sancionou a Lei 13.718, de 2018, que prevê pena de um a cinco anos de prisão para quem praticar o ato libidinoso. Antes a importunação sexual era uma contravenção.

“Muitas situações de ordem sexual vinham acontecendo em ônibus e metrôs, principalmente depois daquele caso em que o homem que ejaculou no pescoço de uma mulher. Ele foi preso e a justiça determinou a soltura, porque era considerada apenas uma importunação ofensiva ao pudor, uma contravenção penal. A situação gerou um caos. Infelizmente não se podia fazer muita coisa. Agora, com essa alteração, essa conduta é crime”, explicou o delegado da Polícia Civil, Márcio Campos Neves.

Confira a entrevista completa: