Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Golpes por WhatsApp voltam a ocorrer na região

Uma pessoa foi vítima do conhecido bilhete premiado, com um prejuízo de mais de R$ 150 mil
Vitor Netto
Por Vitor Netto Criciúma - SC, 19/11/2020 - 19:50Atualizado em 19/11/2020 - 20:00
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Os golpes por WhatsApp voltam a assolar a região, fazendo vítimas inclusive em Criciúma. O número de pessoas realizando Boletins de Ocorrências nas delegacias da cidade voltou a chamar a atenção da Polícia Civil, que alerta para os crimes de estelionato que vem sendo praticados. Ainda nesta semana, uma pessoa caiu no golpe do bilhete premiado, causando-lhe um prejuízo de mais de R$ 150 mil. 

Conforme o delegado Márcio Campos Neves, o número de relatos chamou a atenção. "De ontem para hoje, notamos um número muito grande de pessoas registrando na delegacia que foram vítimas, acreditando que estavam depositando dinheiro para os amigos", contou ao programa Ponto Final na tarde desta quinta-feira, 19. 

Neves explica que as vítimas recebem mensagens de contas no WhatsApp com a foto de conhecidos, solicitando depósitos em dinheiro e afirmando que haviam trocado o número do celular. "Afirmam que precisam de um depósito em uma situação de emergência e muitas pessoas simplesmente na boa fé depositam o dinheiro", completou. 

O delegado explica que é necessário confirmar a veracidade da pessoa que solicita o depósito. "Por isso precisam confirmar se realmente é a pessoa e não devem realizar um depósito antes de ouvir a própria voz da pessoa confirmando, se certificando para que não caiam nesse golpe", enfatizou. 

Golpe do bilhete premiado

Segundo o delegado, uma vítima da cidade caiu no conhecido golpe do bilhete premiado. "Um valor alto, de mais de R$ 150 mil reais. É um golpe antigo, que na literatura aparece no século 20 e ainda acontece", finalizou.