Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Felipe Estevão e o projeto: eleger deputados na Amurel

Deputado muda projeto pessoal, vai à reeleição, considera permanência no PTB e foca no vice-prefeito de Tubarão para a Câmara
Por Denis Luciano Tubarão, SC, 04/03/2022 - 09:01 Atualizado em 04/03/2022 - 09:02
Deputado Felipe Estevão tentará segundo mandato na Alesc / Foto: Rodolfo Espinola / Agência AL
Deputado Felipe Estevão tentará segundo mandato na Alesc / Foto: Rodolfo Espinola / Agência AL

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

A Amurel precisa eleger deputados. Com essa retórica, o deputado estadual Felipe Estevão (PSL) mudou a rota. Não buscará mais uma cadeira em Brasília, mas sim a reeleição para continuar na Assembleia Legislativa (Alesc). E no radar está a possível filiação ao PTB. "As pautas do PTB são as minhas bandeiras, de direita, Deus, pátria, família, liberdade, temos um bom trânsito com outros políticos e vamos dialogando. Depende das parcerias, a questão da federação, se vai ter ou não, quais serão os partidos que estarão juntos, estamos buscando o melhor projeto coletivo", afirmou.

"Eu firmei compromisso com a minha base de buscar a reeleição. Estão indo 10, 11 deputados estaduais para federal, o vice-prefeito de Tubarão, Caio Tokarski, também é candidato a federal, e eu trabalhei muito o bairrismo na Amurel, e conquistamos esse espaço no Parlamento", relatou. "A maioria das lideranças evangélicas estão pedindo para a gente ficar na Alesc, ouvindo os pedidos da região de então buscar a reeleição, firmamos esse projeto da reeleição", reforçou.

Estevão demonstra entusiasmo com a pré-candidatura do vice-prefeito de Tubarão a deputado federal. Caio Tokarski estava filiado ao PL e migrou recentemente para o União Brasil. "Tubarão e região mereciam uma cadeira na Câmara Federal, mas o Caio Tokarski é um bom nome para levar a nossa região para lá", observou.

Caio Tokarski, pré-candidato a deputado federal, com possível apoio de Felipe Estevão
Foto: Divulgação

Ainda sobre a parceria com Caio Tokarski, Felipe Estevão admitiu uma possível dobradinha. "Temos uma conexão aqui. Todos os projetos que iniciamos para a região, sempre trabalhamos em conjunto. Temos um trabalho bem alinhado e que vem dando bons resultados. É natural, ele mora em Tubarão, eu moro em Tubarão, para a gente alinhar, a Amurel merece esse protagonismo, são quase 300 mil eleitores, para que ambos tenham mandato e possam ajudar a região", respondeu.

Quer Kennedy senador

Estevão, que está em primeiro mandato, aposta na candidatura do colega Kennedy Nunes para senador. É um fator que os aproxima do PTB, que ofereceu o espaço. "Queremos uma sigla que possa viabilizar a eleição. Temos o deputado Kennedy, um grande candidato a senador, o PTB diz que a eleição do Kennedy é uma prioridade, queremos saber até onde o partido vai investir nesse projeto. Eu tenho uma grande preferência pelo PTB, a bancada evangélica, o povo cristão simpatiza, é o partido que toca o meu coração", observou.

Mas o deputado pondera a necessidade de olhar com calma o cenário. Afinal, as federações poderão forçar mudanças de planos. "Mas de maneira racional temos que olhar para o jogo lá em cima, a disponibilidade da Executiva nacional de investir no Kennedy, se tiver oportunidade será um grande senador para o Estado", destacou. 

Os próximos passos

"Eu tenho reuniões tanto em Brasília, com a nacional do PTB e o deputado Kennedy, é um diálogo muito importante, tem esse movimento que não depende de mim, as parcerias das federações, os parlamentares não devem se apressar, isso deixa o jogo embolado, temos que acompanhar", frisou, citando lembrando que tem até 1º de maio para tirar proveito da janela eleitoral e filiar-se a um partido. 

Deputado estadual Kennedy Nunes quer concorrer a senador / Foto: PTB / Divulgação

"A questão do União Brasil e esse namoro com o MDB, isso muda muita coisa para nós", comentou. "O negócio é exercer um bom diálogo com o Gean, o Caio que estão no União Brasil, tenho uma grande simpatia com eles. Eu mesmo estou aflito, quero tomar essa decisão o quanto antes, o mais cedo possível", completou.

Ouça a entrevista do deputado Felipe Estevão no podcast:

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito