Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Escola atingida por alagamentos recebe reformas

Uma enxurrada, há cinco anos, chegou a deixar salas da Ludovico Coccolo com até 30cm de lama
Denis Luciano
Por Denis Luciano Criciúma, SC, 23/01/2020 - 17:33Atualizado em 23/01/2020 - 17:35
Fotos: Denis Luciano / Arquivo
Fotos: Denis Luciano / Arquivo

Escola castigada por temporais em anos passados em Criciúma, a Ludovico Coccolo, no Bairro São Luiz, vai receber investimentos. A prefeitura anunciou uma reforma, visando receber os 465 alunos matriculados em melhores condições a partir do dia 17 de fevereiro, quando inicia o ano letivo de 2020.

Há exatos cinco anos, em fevereiro de 2015, uma forte chuva fez a água invadir a escola. No fim das contas, nove salas foram tomadas por uma camada de cerca de 30 centímetros de lama. Houve a necessidade de cancelamento de aulas na ocasião - o ano letivo de 2015 já havia começado - para efetuar a limpeza.

Lama na escola no temporal de fevereiro de 2015

Para este ano, a Ludovico Coccolo ganhou um novo telhado, além de investimentos na parte elétrica, novas janelas, troca de pisos de madeira e pintura. “Há muitos anos esperávamos por essas melhorias, principalmente, com a parte elétrica para o uso dos aparelhos de ar-condicionado. Também tínhamos uma preocupação com as crianças devido ao antigo assoalho. Com as melhorias, vamos ter mais segurança para os alunos e a pintura deixará a escola ainda mais bonita”, comentou a diretora da escola, professora Rosalba Rzatki.

E vem mais notícia boa por aí. A aquisição de um terreno próximo à escola vai permitir a ampliação dela. O objetivo é construir uma nova ala, com dois pisos, para abrigar biblioteca, secretaria e oferecer uma nova fachada ao prédio. “Estamos aproveitando o período que as escolas estão de férias para realizarmos as melhorias, e quando os nossos alunos voltarem poderão usufruir da nova estrutura e ter mais segurança na hora das atividades externas e internas”, destacou a secretária de Educação do município, Roseli de Luca Pizzolo.

(Com informações da Decom)