Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Deputados cobrarão explicação do Governo Federal sobre corte de R$ 152 milhões para SC

Assembleia Legislativa organiza reunião com autoridades para tratar sobre assunto na segunda-feira
Por Paulo Monteiro Florianópolis - SC, 29/04/2021 - 07:40 Atualizado em 29/04/2021 - 07:44
Foto: Reprodução / Reprodução
Foto: Reprodução / Reprodução

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Deputados e autoridades catarinenses se reunirão na próxima segunda-feira, 3, para pedir esclarecimentos ao Governo Federal sobre o corte de mais de R$ 152 milhões no orçamento da União para Santa Catarina. A redução de recursos foi definida em vetos do presidente Jair Bolsonaro na sanção da Lei Orçamentária Anual, ocorrida ainda na última semana.

O presidente da Comissão de Obras da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), João Amin (PP), é quem está liderando o processo da reunião. Segundo ele, senadores, deputados federais, secretários e procuradores foram convidados a participar do encontro.

“Esses cortes, em específico na área de infraestrutura, é de mais de R$ 136 milhões. Mas afeta também a assistência social, economia, educação e a própria saúde em momento de pandemia da Covid-19. Esse discurso de que SC arrecada muito e recebe pouco de Brasília é antigo, mas não podemos admitir isso neste momento”, disse João Amin.

O deputado destaca ainda que o corte milionário surge logo após a Assembleia ter aprovado um recurso de R$ 350 milhões do Governo de SC para obras em rodovias federais no estado. Na mesma batida, a infraestrutura catarinense deixa de receber recursos de Brasília para conclusão dessas obras.

“Esse corte é inadmissível, temos que ver uma maneira de compensar o estado. Lembrando que o Bolsonaro teve a sua maior votação proporcional no primeiro turno em SC, então ele deve a Santa Catarina. Não quero ficar nessa briga de ideologia, esquerda ou direita, mas estou cobrando e temos que cobrar o que SC merece”, pontuou o deputado. “Temos que cobrar o Governo Federal sobre o porquê desses cortes”, completou.

A própria governadora interina de Santa Catarina, Daniela Reinehr, foi convidada para participar da reunião. No entanto, segundo João Amin, ela ainda não confirmou a sua presença.

Cortes poderão ser ainda maiores

O deputado estadual destaca ainda que há uma desconfiança de que o estado receba ainda mais cortes de recursos da União, fazendo com que o valor seja ainda maior. 

“Talvez esse número, até segunda-feira, esteja diferente. Porque com as consultorias do Senado, da Câmara Federal e das próprias entidades que estão se organizando aqui, não só a Fiesc, desconfiam de que pode ser mais do que R$ 150 milhões para obras”, afirmou.

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito