Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

David Coimbra diz que os russos estão vivendo a Copa e critica Neymar

Jornalista está na Rússia acompanhando a Seleção Brasileira e aposta em mudanças na equipe de Tite
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 20/06/2018 - 14:11Atualizado em 20/06/2018 - 14:21
(foto: reprodução)
(foto: reprodução)

A Copa do Mundo está na segunda rodada da fase de grupos e quem acompanha o torneio de perto é o jornalista David Coimbra. Em entrevista ao Programa Adelor Lessa, da Rádio Som Maior, ele falou sobre as belezas de São Petersburgo, onde o Brasil joga na sexta-feira (22), problemas na Seleção e também festas na Rússia.

“O Brasil joga aqui (São Petersburgo) em um estádio lindíssimo. Ontem (terça, 19) a Rússia aqui ganhou o seu jogo por 3 a 1 e foi uma festa, uma festa incrível. Algumas pessoas estavam dizendo que os russos não estavam ligando para a Copa do Mundo, eles fizeram um carnaval, com muita alegria”, afirmou.

Segundo Coimbra, o país está vivendo sim a Copa do Mundo. A Seleção estreou domingo (17), com empate em Rostov, uma cidade de interior. Já São Petersburgo: “É uma cidade ampla, lindíssima, com prédios históricos. Ela tem o Mar Báltico por perto, tem um dos maiores museus do mundo”, definiu o jornalista.

Os russos algumas vezes levam a fama de serem antipáticos, de acordo com ele, isso muitas vezes é ocasionado pelas dificuldades com o idioma.  “O alfabeto cirílico é muito diferente, não dá para entender nenhuma placa na rua. E eles não entendem inglês, a Rússia, que era União Soviética, só se abriu nos anos 90, então é pouco tempo para que as pessoas se ocidentalize. Tem pouca gente que conhece inglês, o Google Translate é nossa arma aqui, é o jeito de se comunicar”.

Seleção Brasileira

O empate na estreia e a fraca atuação fazem com que a Seleção Brasileira precise da vitória diante da Costa Rica. O jornalista creditou o resultado a Neymar, que segundo ele, tentou fazer dribles longe da área e prejudicou ataques. Outra questão que chamou atenção durante a partida foi novo penteado do craque.

“Essa história do cabelo foi uma coisa muito marcante, não foi igual o Ronaldo em 2002, que fez aquilo em meio a Copa. Não, isso ai em véspera da estreia da Seleção, é o jogador querendo aparecer, totalmente sem concentração. Ele é muito vaidoso”, disse.

Para David Coimbra, Tite não vai mexer na escalação, mas poderá fazer trocas em breve. O maior candidato a ganhar posição é Renato Augusto. “Ele era o jogador que era da confiança do Tite, e teve lesão. Como o meio campo foi mal neste jogo, tem muita chance do Renato Augusto ganhar a posição, talvez no lugar do Willian, se não for agora, em meia Copa do Mundo. A zaga também, foi muito mal, não só no lance do gol”, completou.