Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Daniel Freitas: "Se Bolsonaro e o partido quiserem, eu vou"

O deputado federal colocou o nome à disposição para concorrer ao Senado
Por Enio Biz Criciúma, SC, 31/03/2022 - 09:23 Atualizado em 31/03/2022 - 09:33
Foto: Arquivo / 4oito
Foto: Arquivo / 4oito

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

O deputado federal, Daniel Freitas (PL), vai se reunir na tarde desta quinta-feira (31) com o presidente nacional do Partido Liberal, Valdemar Costa Neto. Ele colocou o seu nome à disposição do partido para concorrer ao Senado, após desistência de Luciano Hang. Em entrevista ao programa Adelor Lessa desta manhã, na Rádio Som Maior, Freitas diz ainda é pré-candidato a deputado federal, mas pensa que Santa Catarina precisa ter um candidato com os mesmos princípios do presidente, Jair Bolsonaro.

"Nesse momento continuo como pré-candidato a deputado federal. Após o anúncio do Luciano Hang de não mais participar das eleições, conversei com ele, e falei que chegou o momento em que o partido precisa de nomes, por conta do presidente Bolsonaro necessitar colocar no Senado e na Câmara, deputados e senadores que sejam alinhados a todo um projeto do presidente. No início do processo, eu já tinha colocado o meu nome à disposição para essa missão. E isso só vai ser levado adiante se essa for a intenção do presidente Bolsonaro e do Partido Liberal. Coloco meu nome à disposição com a mesma coragem que eu renunciei meu segundo mandato de vereador em Criciúma para concorrer uma vaga na Câmara dos Deputados", fala.

Visando a eleição para o Senado, Daniel Freitas acredita que não é o momento para disputas internas no partido. "Agora começa o encorajamento de muitas pessoas. O meu trabalho não é saber com quem eu vou disputar, mas é colocar o meu nome à disposição e fazer com que o presidente e o partido percebam o potencial dessa candidatura em Santa Catarina. Ao invés de lutas por espaços dentro do partido, nós vamos convergir todos para uma mesma linha, uma direção que fará bem para todos. É um direito de nos colocarmos como soldados do presidente Bolsonaro", enfatiza.

Para as disputas ao governo de Santa Catarina, o parlamentar não descartou a possibilidade de trocar de partido a fim de atrair novas siglas ao projeto do pré-candidato Jorginho Melo (PL). Porém, se isso for necessáro e acontecer, o prazo para a mudança de partidos termina nesta sexta-feira (01).

Confira o podcast da entrevista do deputado federal, Daniel Freitas:

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito