Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Criciúma estreia hoje na Copa São Paulo

Garotos do Tigre enfrentam o São Carlos na tarde de hoje no primeiro jogo da competição
Por Lucas Renan Domingos Criciúma, SC, 03/01/2019 - 09:04
Divulgação
Divulgação

A equipe Sub-20 do Tigre está a 1,1 mil quilômetros de Criciúma. Os garotos viajaram na última terça-feira para a cidade de São Carlos, no interior paulista, para a estreia na Copa São Paulo de Futebol Júnior. A competição, considerada a mais importante das categorias de base do Brasil, começou ontem e reúne 128 times na primeira fase, que estão divididos em 32 grupos. Os Tigrinhos estão no grupo 10 e vão encarar América Mineiro, Atlântico da Bahia e o São Carlos, os donos da casa e o primeiro adversário do Criciúma na competição. 
A delegação tricolor chegou ontem pela manhã ao destino e fez o último treino antes do compromisso de estreia. “A expectativa tem sido muito boa. Esperamos fazer uma grande campanha e representar bem o Criciúma”, disse o técnico Harison Feltrin, o Lalo.

O elenco tricolor é formado por 20 atletas. A base da equipe conta com jogadores que foram campeões da Copa Sul Sub-19, quando o Criciúma venceu o Grêmio na Arena, no ano passado, e acabou levantando a taça da competição. De todos os jogadores, oito são remanescentes do grupo que participou da competição regional. Outros cinco atletas são da equipe sub-17 vice-campeã do Campeonato Catarinense e mais oito com apenas 18 anos. 

“No geral, o último ano das categorias de base do Criciúma foi muito positivo. Utilizando alguns atletas que já têm experiência na Copa São Paulo com outros do Sub-17, por exemplo, forma uma equipe forte e preparada para alcançar os objetivos dentro da competição”, destacou o treinador. 

Adversário difícil na estreia

A partida entre Criciúma e São Carlos está marcada para as 17h45min. Apesar do Criciúma ao lado dos mineiros do América ser um dos favoritos a conseguir a classificação, Lalo aponta que o primeiro adversário deve ser duro. “A expectativa maior sempre fica em cima dos times de maior tradição, mas isso não quer dizer nada. A Copa São Paulo é uma competição aberta e é comum times menos conhecidos surpreende- rem”, destacou. 

A dificuldade do adversário é evidenciada pelo coordenador-geral das categorias de base do Criciúma, Serginho Lopes. Ele está acompanhando o grupo sub-20 do Tricolor em São Paulo e lembra do quanto o São Carlos pode surpreender. 

“Em 2016, por exemplo, a gente acreditava que iríamos pegar eles na segunda fase, pois o Internacional era o favorito do grupo em que eles estavam. Só que eles acabaram vencendo o Inter e se classificando em primeiro da chave. Nós, depois, fomos eliminados pelo Internacional na segunda fase. E eles também têm uma torcida forte que pode fazer a diferença aqui”, comentou Serginho. 

Pensamento jogo a jogo

Na Copa São Paulo de 2018, o Criciúma chegou até a terceira fase do campeonato, quando acabou sendo eliminado pela equipe do Atlhético Paranense pelo placar de 3 a 0. Para 2019, o pensamento do Tigre é pelo menos repetir o feito, mas com pensamentos focados em cada jogo. “Primeiro temos que nos preocupar com a primeira fase. É uma competição difícil, a gente sabe. Mas estamos fazendo nosso trabalho para fazer um bom campeonato. Primeiro classifica e depois vemos como ficará no mata-mata”, analisou Lalo.