Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Coronel Cabral e as propostas dos candidatos na segurança

Em seu comentário na Som Maior, Coronel Márcio Cabral fala o que os eleitores pode debater com os candidatos
Marciano Bortolin
Por Marciano Bortolin Criciúma, SC, 22/09/2020 - 11:57

Com a chegada das eleições, os postulantes a cargos de prefeito e a vereador apresentam projetos nas mais variadas áreas e uma delas é a segurança pública. Por isso, em seu comentário na Rádio Som Maior, Coronel Márcio Cabral, dá dicas para os eleitores debaterem com os candidatos. “Como citei em minha pergunta aos candidatos a prefeito de Criciúma no debate da Som Maior, a criminologia é uma ciência que estuda o crime há mais de 200 anos. A sua teoria mais bem recebida pelos estudiosos da segurança pública é aquela de que o crime deve ser prevenido em três fases. Na fase primária, teremos as ações efetuadas pelo poder público local, ligada a quatro eixos: infraestrutura, saúde, assistência social e educação. Na fase secundária, estão as ações efetuadas pelas polícias civil e militar, enquanto na fase terciária nós temos as ações do Ministério Público, poder judiciário e setor prisional”, salienta.

Coronel Márcio Cabral fala das ações que podem ganhar destaque durante a campanha eleitoral e colocada em prática por aqueles que serão escolhidos através do voto no dia 15 de novembro. “Para você que vai efetuar o seu voto nestas eleições municipais, aqui vão algumas dicas que o candidato deve saber que são de responsabilidade de do poder público local e tem impacto direto na redução do crime, da violência e da desordem. Na infraestrutura, as ações que o Município pode desenvolver podem passar pro regulamentação de loteamentos irregularidades, resolução de problemas de saneamento básico, melhoria na malha viária de acesso aos bairros, criação de áreas de lazer, regularização e implementação de um programa de moradia, criação de um programa de mobilidade urbana, entre outras ações. Na educação e saúde, as ações podem ser de controle da evasão escolar, apoio a programas de reabilitação de usuários de drogas e bebidas alcoólicas, reinserção escolar para crianças e adultos, projetos preventivos de saúde, palestras para combate a uso de drogas, efetivação de projetos de inclusão através do esporte, entre outros”, cita.

Para finalizar, Coronel Cabral fala da assistência social. “Na assistência social, iniciativas como atendimento socioeducativo, controle de diagnostico da realidade local, capacitação das famílias em economia doméstica e cuidados básicos domésticos, efetivação de cursos profissionalizantes, implantação de cooperativas de mulheres, de catadores, hortas comunitárias, entre outros. Estas são apenas algumas dicas que você pode perguntar e discutir com o seu candidato que ajudarão e muito a manter em patamares absorvíveis socialmente o crime, a violência e a desordem”, finaliza.

Confira o comentário na íntegra: