Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Conclusão da SC-442 contribuirá com o desenvolvimento de Morro da Fumaça

Município trabalha para colocar a primeira área industrial em operação no distrito de Estação Cocal, por onde passa a rodovia
Redação
Por Redação Morro da Fumaça, SC, 06/08/2020 - 19:59
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Na semana passada, Morro da Fumaça recebeu uma boa notícia por parte do Governo do Estado: a continuidade e a consequente conclusão da pavimentação da Rodovia SC-442, que liga o município a Cocal do Sul.

Para Morro da Fumaça o término desta obra contribuirá com o desenvolvimento, principalmente porque o Governo Municipal trabalha na instalação da primeira área industrial. "A área industria fica às margens da Rodovia Genésio Mazon, no distrito de Estação Cocal, próxima à SC-442, por isso os benefícios serão muitos, pois facilitará o escoamento da produção das empresas que lá se instalarem. Agradecemos o deputado estadual Rodrigo Minotto que intermediou esta conversa com o Governo do Estado", fala o prefeito, Noi Coral.

A área industrial irá disponibilizar 16 lotes aos empresários interessados em se instalar em Morro da Fumaça. A expectativa é que em breve o local já fique à disposição. Quem está executando o projeto é o corpo técnico da Prefeitura, assessorado por uma empresa especializada.

A instalação da área voltada às empresas visa melhorar o índice de geração de empregos. “Estes números irão melhorar com a instalação da área industrial.  Com as novas empresas, a economia irá girar com ainda mais força”, fala o vice-prefeito, Eduardo Sartor Guollo.

Com investimento estimado em R$ 10 milhões, a finalização da pavimentação depende do asfaltamento de aproximadamente quatro quilômetros, sendo 800 metros no entroncamento com a SC-108, em Cocal do Sul, e 3,2 quilômetros no distrito de Estação Cocal, em Morro da Fumaça. Um encontro no final de junho entre o prefeito Noi, o vice, Eduardo, o deputado Rodrigo Minotto, o prefeito de Cocal do Sul, Ademir Magagnin, entre outras liderançs debateu e encaminhou o assunto.