Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Comece o dia bem informado (03/07/20)

Operação Blackout, presidente Bolsonaro em Santa Catarina, HSD sem medicamentos e a repercussão da pesquisa eleitoral para a prefeitura de Criciúma são as principais informações para você iniciar a sua sexta-feira
Vitor Netto
Por Vitor Netto Criciúma - SC, 03/07/2020 - 06:50Atualizado em 03/07/2020 - 07:06
Foto: Especial/4oito
Foto: Especial/4oito

Operação Blackout: Uma grande operação do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco), denominada Operação Blackout, ocorreu durante a quinta-feira, 2, na prefeitura de Criciúma. A investigação envolve a participação de agentes públicos em atos de improbidade  administrativa, sendo que e as fraudes podem chegar a R$ 20 milhões. Cinco mandados de busca e apreensão foram cumpridos. No fim da tarde de quinta-feira, o prefeito Clésio Salvaro (PSDB) lançou um vídeo, onde defendeu setor de licitações e garantiu lisura dos processos. 

Presidente Bolsonaro em Santa Catarina: O presidente da República, Jair Bolsonaro, estará em Santa Catarina no fim de semana. Bolsonaro vai sobrevoar as cidades atingidas pelo vendaval da última terça-feira, 30. A visita foi anunciada pelo senador Jorginho Mello (PL), que divulgou nas suas redes sociais. Conforme o senador, o presidente ficou bastante preocupado com a situação que o estado está enfrentando após a passagem do ciclone bomba. 

Hospital São Donato sem medicamentos: O Hospital São Donato (HSD) de Içara está há mais de uma semana sem medicamentos. A diretoria do hospita busca conseguir o medicamento imprescindível para pacientes de coronavírus (Covid-19) que necessitam do respirador. Conforme o diretor, Julio de Luca, a unidade hospitalar possui apenas uma reserva técnica de bloqueador neuro muscular, para quem passa por cirurgia e precisa de anestesia geral. 

Eleições 2020: A Rádio Som Maior e o Portal 4oito lançaram nesta quinta-feira, 2, a primeira pesquisa eleitoral para a prefeitura de Criciúma. Foram ouvidos 625 eleitores de Criciúma entre os dias 27 e 29 de junho pelo Instituto de Pesquisa Catarinense (IPC). Cada um dos pré-candidatos comentou os números da pesquisa.