Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Câmara aprova projeto do ar condicionado nos ônibus

Vereador requer que 50% da frota de transporte urbano em Criciúma tenha o equipamento ativo
Por Redação Criciúma, SC, 17/07/2019 - 16:52Atualizado em 17/07/2019 - 16:58
Arquivo / 4oito
Arquivo / 4oito

As empresas concessionárias do sistema de transporte coletivo de Criciúma terão a obrigação de instalar, em ao menos 50% da sua frota de ônibus, aparelhos de ar condicionado. Projeto de lei de autoria do vereador Dailto Feuser (PSDB) foi aprovado por unanimidade nesta terça-feira, 16.

“A ideia do projeto surgiu no último verão quando muitos usuários nos procuraram reclamando do calor imenso que faz dentro dos ônibus. O usuário está a muitos anos esperando”, pontuou Feuser, dizendo ainda que solicitou à ACTU estudo de impacto para verificar a implicação no custo dos serviços.

Conforme o projeto, todos os editais licitatórios relativos à contratação de empresas para exploração dos serviços de transporte coletivo, deverão também conter cláusula exigindo que ao menos 50% da frota disponibilizada ofereça o sistema de ar condicionado.

Confira também - Projeto de lei pretende exigir ônibus climatizados

A implantação da climatização, segundo o vereador, não implicará no aumento do preço da passagem. “Apresentamos um requerimento questionando o impacto no valor, e temos a certeza de que não haverá aumento. A intenção é justamente atrair mais passageiros para o sistema de transporte coletivo”, pontuou. A matéria também teve parecer de ilegalidade pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação, que foi derrubado. O projeto aprovado na Casa segue agora para sanção ou não pelo prefeito Clésio Salvaro.