Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Bombeiros abrem inscrições para guarda-vidas

São 250 vagas entre Balneário Rincão, Morro dos Conventos, Arroio do Silva, Balneário Gaivota e Passo de Torres
Denis Luciano
Por Denis Luciano Criciúma, SC, 19/09/2019 - 17:27Atualizado em 19/09/2019 - 17:36
Arquivo / 4oito
Arquivo / 4oito

Foram abertas nesta quinta-feira, 19, as inscrições para o curso de formação de guarda-vidas civis pelo Corpo de Bombeiros, que trabalharão na Operação Veraneio a partir de 15 de novembro no litoral de Santa Catarina. Para a região, são 250 vagas distribuídas - 50 por praia - entre Balneário Rincão, Balneário Arroio do Silva, Morro dos Conventos, Balneário Gaivota e Passo de Torres. As inscrições vão até 11 de outubro.

"Os candidatos devem se inscrever pelo link disponível no edital publicado no site do Corpo de Bombeiros. Ele se inscreve, divulgamos a lista dos selecionados, dos que cumpriram os pré-requisitos e então marcamos o teste físico. Se o candidato atender as exigências, recebe o atestado médico de aptidão física, entrega os documentos e daí avança para o curso de formação", explica o tenente Fáveri, responsável pela parte de ensino, instrução e curso do 4º Batalhão de Bombeiros Militar de Criciúma.

O curso de formação tem duração de 30 dias. "Nele, passamos as técnicas de salvamento, fazemos o nivelamento do condicionamento físico. O curso vai de 4 a 29 de novembro", confirma o tenente. As práticas nas praias iniciarão em 15 de novembro, nos finais de semana, e a partir de 1º de dezembro a atividade será diária, até o fim da temporada que ocorrerá depois do Carnaval de 2021.

Entre as exigências básicas, há demandas físicas que devem ser atendidas. "Para entrar no curso a gente já cobra que o candidato homem corra 1,6 mil metros em até 8 minutos. Para a mulher, pode ser em até 9 minutos. No caso da natação, de 500 metros em até 12 minutos, é a mesma cobrança para mulheres e homens", explica Fáveri. A procura tem variado bastante nos últimos anos. "Tem anos que é equilibrado ao número de vagas, tem anos que é um pouco mais", observa. A idade mínima dos candidatos tem que ser 18 anos. "Não há idade máxima, se a pessoa estar apta fisicamente, a gente aceita", destaca.

Pagamento de diárias

Um impasse dos últimos anos envolvendo os guarda-vidas foi relativo ao pagamento das diárias. O valor está definido em R$ 150 para esta temporada. "Para turnos de 12 horas. Já há a previsão de recursos, a operação começa com os recursos disponíveis. Porém, como ocorre a virada de ano, tem o fechamento contábil do Estado e acaba havendo algum congelamento de valores nessa época. A gente explica aos guarda-vidas durante o curso, mas eles acabam resolvendo. Às vezes demora de 20 a 30 dias o depósito, mas nunca um guarda-vidas ficou sem pagamento", assegura o tenente.

As guaritas

Um problema estrutural que envolveu últimas edições da Operação Veraneio deverá ser minimizado nesta temporada: a condição das guaritas no litoral sul. "No Rincão hoje temos alguns postos que são de contêiner, com infraestrutura bem melhor. Outros postos ainda são de madeira. Um problema que era comum nos de madeira era o vandalismo, tivemos quatro queimados em uma temporada", lembra.

Mais informações e editais estão disponíveis no site do Corpo de Bombeiros.