Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Bistek de Nova Veneza: “A inauguração do coração”

Rede de supermercados abriu nova loja na cidade onde a sua história começou
Marciano Bortolin
Por Marciano Bortolin Nova Veneza, SC, 04/11/2020 - 22:34Atualizado em 04/11/2020 - 22:45
Família Ghislandi brinda a inauguração da nova loja. Fotos: Marciano Bortolin/4oito
Família Ghislandi brinda a inauguração da nova loja. Fotos: Marciano Bortolin/4oito

Três mil metros quadrados, estacionamento coberto, espaço com lojas e café. Um supermercado moderno. Mas a estabelecimento da Rede Bistek de Supermercados que abriu na noite dessa quarta-feira, 4, vai além da estrutura física. Ele fica na cidade onde tudo começou: Nova Veneza. 

Adelino e Zelinda descerram a fita de inauguração

Foi lá que Adelino Ghislandi abriu uma pequena venda 1968, um negócio que prosperou e se tornou mercado no fim dos anos 1970, quando iniciava o processo de consolidação de uma das maiores marcas de supermercados do estado: a Rede Bistek de Supermercados. Já tivemos inúmeras inaugurações, grandes entregas em grandes cidades. Mas eu olhava quando a família chegava, eu via a alegria estampada no rosto porque esta é a inauguração do nosso coração. Esperamos muito por isso e Deus permitiu que tenhamos conosco os nossos pais. Eles sempre nos cobravam e o ‘Bistek de Nova Veneza’. Nós conseguimos, aqui estamos. Imagine a alegria no coração do pai e da mãe poder presenciar tudo isso. Por isso é a inauguração das inaugurações. É a inauguração do coração”, destaca Walter Ghislandi, um dos filhos de Adelino.

Cerimônia de inauguração respeitou os protocolos de combate à pandemia

Coube a ele o discurso de inauguração. “É uma noite de especialidade impar para a direção, a família, para os filhos do seu Adelino e a gente gostaria de partilhar isso com mais pessoas, com a comunidade, a ansiedade por chegar neste momento, é assim que desejamos, de uma partilha maior, lamentavelmente em razão de tudo que acontece, fica restrito a um pequeno grupo de pessoas, mas que representa todo o nosso coração. Eu poderia trazer a história, o encaminhamento deste tempo, mas seriam números, lojas, inaugurações, seria a parte física de tudo que foi construído. Prefiro tentar trazer algo que toca mais o nosso coração, algo que homenageia os nossos pais e que fala da personalidade do Bistek, como isso foi construído”, salienta.

Se Walter foi o responsável pelo discurso, coube a Adelino e sua esposa, Zelinda, descerrar a fita de inauguração e abrir as portas para as primeiras visitas. A cerimônia respeitou todos os protocolos devido à pandemia.
 

Moderna loja abriu para visitação na noite dessa quarta-feira