Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Bananicultores investem na diversificação da produção

Entre as maiores demandas do setor produtivo está a melhoria na energia elétrica, infraestrutura e o combate ao mosquito Maruim
Redação
Por Redação Florianópolis, SC, 13/04/2021 - 18:47
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Quarto maior produtor de banana do Brasil, Santa Catarina está agregando valor à produção para gerar mais renda e qualidade de vida no meio rural. Nesta segunda-feira, 12, o secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento, Altair Silva, cumpriu roteiro nos municípios da região de Jaraguá do Sul para apresentar os programas de apoio ao desenvolvimento do agronegócio catarinense.

“São seis novos programas com investimentos de R$ 27 milhões para que o produtor possa investir permanentemente na melhoria da sua propriedade rural, dos processos, da qualidade da energia no interior e também da internet com fibra ótica. O agro de Santa Catarina é um sucesso e visitar os municípios é uma grande oportunidade de ouvirmos as demandas locais e apresentarmos de que forma podemos apoiar os agricultores catarinenses”, ressalta o secretário Altair Silva.

O roteiro contou com visitas aos municípios de Luiz Alves, Massaranduba, Guaramirim, Jaraguá do Sul e Corupá. A região se destaca na produção de banana, arroz e piscicultura.

Entre as maiores demandas do setor produtivo está a melhoria na energia elétrica, infraestrutura e o combate ao mosquito Maruim, que já se tornou um caso de saúde pública na região. “Esse problema não é novo. Precisamos fazer um apelo para termos o produto, o acompanhamento e pesquisas para desenvolver novos meios de combater essas pragas”, afirma o deputado estadual Vicente Caropreso, que acompanhou todo roteiro no Vale do Itapocu, na região Norte do estado.

Os bananicultores da região destacaram também oportunidades para diversificar e agregar valor à produção. O Norte é a principal região produtora de banana do estado, responsável por mais da metade da produção catarinense.  Corupá, por sua vez, é o maior produtor de banana do estado, além disso, a região possui um forte diferencial competitivo, a Indicação Geográfica (IG) que reconhece a banana como a mais doce do Brasil.

Produção de café especial

Um estudo comprovou que o café arábica variedade mundo novo, produzido sob a sombra de bananais orgânicos em Araquari, se enquadra como café especial excelente.

A pesquisa foi realizada por profissionais da Epagri em parceria com o Instituto Federal Catarinense (IFC) - campus Araquari e com o Instituto Federal do Sul de Minas - campus de Machado. O levantamento concluiu ainda que Santa Catarina possui áreas com condições climáticas potencialmente aptas para o cultivo de café arábica especial, considerando a colheita seletiva e adequado processamento pós-colheita para explorar a máxima qualidade sensorial e evitar defeitos físicos nos grãos.

O secretário Altair cumpriu roteiro também na Associação dos Bananicultores de Corupá, onde conheceu o artesanato feito com fibra de bananeira, mais uma oportunidade de negócios e geração de renda para os produtores da região.