Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Após vereadora publicar possível extinção da Famcri, prefeitura emite nota 

Poder municipal explica que a Fundação deve ser transformada em secretaria 
Gregório Silveira
Por Gregório Silveira Criciúma, SC, 23/11/2021 - 11:16Atualizado em 23/11/2021 - 12:02
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

No final da manhã dessa terça-feira, 23, a prefeitura de Criciúma emitiu uma nota em resposta a publicação da vereadora Giovana Mondardo. A parlamentar usou suas redes sociais para informar que  o prefeito, Clésio Salvaro, pretende extinguir a Fundação do Meio Ambiente de Criciúma (Famcri).

Em sua postagem Giovana repudiou a ação. "É um retrocesso enorme para a cidade e para as próximas gerações", escreveu a parlamentar.

Confira nota da prefeitura de Criciúma 

Prefeitura Municipal de Criciúma | Governo Transparente 

Nota de Esclarecimento

A Prefeitura Municipal de Criciúma, por meio da Secretaria Geral, esclarece que, desde o começo de 2021 a gestão municipal trabalha intensamente no planejamento estratégico visando otimização de prestação de serviços, bom uso de recursos e gerenciamento de equipes na administração municipal.

Dentro desse planejamento, estão em construção adequações no organograma, reforma administrativa e uma série de outros detalhes. Especialmente em relação a área do Meio Ambiente, devido a importância do setor, está planejada a transformação da FAMCRI (Fundação Municipal do Meio Ambiente) em Secretaria Municipal do Meio Ambiente, com possibilidade de agregar os setores de agricultura e sustentabilidade.

Esse modelo já é utilizado em grandes cidades do Brasil e de Santa Catarina, e, em Criciúma vem sendo estudado por técnicos e consultores especializados na área para viabilizar a implantação.