Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Amrec tem R$ 2,5 bilhões depositados em poupança

Investimento pode render menos que a inflação em 2020
Por Guilherme Nuernberg Criciúma - SC, 26/06/2020 - 15:22Atualizado em 26/06/2020 - 15:31
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Com a sequência de cortes na taxa básica de juros, a Taxa Selic, pelo Conselho de Polícia Monetária (Copom), do Banco Central, fica cada vez menos rentável investir na caderneta de poupança. O BC reduziu pela a 8º consecutiva a taxa que chegou a 2,25% ao ano, menor índice da história.

Com uma regra criada em 2012, a poupança passou a render 70% da Selic quando ela estiver num patamar igual ou abaixo de 8,5% ao ano, o que se aplica agora. Então, os valores guardados na poupança podem render, em 2020, menos que a inflação.

Baseado nesta informação, levantamos os valores depositados em cadernetas de poupança na região da Amrec. A última pesquisa do IBGE, com informações das instituições financeiras de 2018, tem dados de 10 dos 12 municípios da região carbonífera. Apenas Treviso e Balneário Rincão ficaram de fora. 

São R$ 2,5 bilhões investidos em poupança na região, que podem render 1,57% ao ano e, ao mês, 0,13% aproximadamente. A média é de R$ 216 milhões em cada município. Criciúma lidera com R$ 1,2 bilhão depositados, seguido por Içara e Urussanga.

Confira a lista por município

 

Criciúma - R$ 1.271.561.409,00
Içara - R$ 255.000.160,00
Urussanga - R$ 226.991.127,00
Orleans - R$ 205.770.368,00
Siderópolis - R$ 182.025.892,00
Cocal do Sul - R$ 114.306.534,00
Morro da Fumaça - R$ 101.292.985,00
Forquilhinha - R$ 84.863.972,00
Lauro Müller - R$ 76.857.686,00
Nova Veneza - R$ 74.510.674,00
Balneário Rincão - Não computado
Treviso - Não computado
Total - R$ 2.593.180.807,00