Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

AMREC irá acatar com o decreto do Estado

Situação da região é pior do que em julho
Beatriz Coan
Por Beatriz Coan Criciúma, SC, 03/12/2020 - 19:40Atualizado em 03/12/2020 - 19:41
Foto: Arquivo 4oito
Foto: Arquivo 4oito

Novo decreto estadual com novas normas e restrições para a luta contra o coronavírus deve ser publicado amanhã. Nele existe a propabilidade da publicação do toque de recolher. A medida será educacional e proibirá a circulação no período das 23h às 05h. Conforme entrevista dada para o programa Ponto Final, o diretor executivo da Associação de Municípios da Região Carbonífera (AMREC), Lei Alexandre, o acordo firmado desde o início da pandemia entre os municípios é de respeitar e acatar as medidas propostas pelo Estado.

Lei Alexandre ressaltou que a situação da região é crítica. Em reunião com demais membro da associação, foi informado que há 10 pacientes esperando por leito de UTI. E destacou que não tem disponibilidade de leito de unidade de tratamento intensivo em nenhuma rede (pública ou privada). 

Durante a entrevista o diretor executivo da AMREC falou que muitas vezes os municípios têm tomado para si responsabilidades que são do Estado e que há um estudo para aberturas de leitos de UTI no Hospital São Marcos, em Nova Veneza, mas que isso depende de mobilização do governo estadual.