Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Acidente chama a atenção para rua estreita do Centro

Avançar pela Pedro Milanez em direção à Centenário tem das suas dificuldades. Hoje, mais uma
Denis Luciano
Por Denis Luciano Criciúma, SC, 17/10/2019 - 17:04Atualizado em 17/10/2019 - 17:19
Divulgação
Divulgação

O condutor de um VW Up acabou colidindo com a lateral de um ônibus da empresa São José ao fazer a curva da Rua Pedro Rodrigues Lopes em direção à Rua Pedro Milanez, no Centro de Criciúma, na tarde desta quinta-feira, 17. Seria um acidente comum, não fosse ter provado, mais uma vez, a dificuldade que é por vezes trafegar ali.

"Foram apenas danos materiais, mas os motoristas quiseram sair no soco. Ainda bem que os agentes interviram. Foi acionada a Polícia Militar mas não foi necessário, não chegaram às vias de fato. Os agentes puxaram um pra cada lado e daí se acalmaram", informou o agente de trânsito Tiago Fagundes, da Diretoria de Trânsito e Transportes (DTT).

Ocorre que a Pedro Lopes parte da Centenário como uma via de sentido único e duas pistas. Ao chegar na Pedro Milanez, que trata-se de um pequeno quarteirão que leva em direção à Avenida Centenário e às ruas Itajaí e Rui Barbosa, ela transforma-se em três pistas. Logo, são comuns os problemas por ali.

As três pistas são necessárias, já que a da esquerda permite a conversão na Centenário no mesmo sentido, a central leva tanto para a Rui Barbosa quanto para a Itajaí e a da direita oferece fluxo ou reto, para a Itajaí, ou na Centenário no sentido da Próspera.

Mas são centenas de vezes por dia que o desafio da curva coloca a perícia dos motoristas à prova. O acidente da tarde, sem danos maiores, gerou sim um grande tumulto do trânsito, já que além de receber veículos da Pedro Rodrigues Lopes vindos da Centenário em busca do contorno ali existente, a Pedro Milanez recebe ainda fluxo que chega da Rua Henrique Chenaud e outras do Comerciário, através da Travessa Monte Castelo.

O ônibus em questão, da São José, parte da Estação Rodoviária e faz as linhas de Criciúma com Cocal do Sul e Urussanga. Geralmente, apanha passageiros na Rua Itajaí, em uma parada de ônibus ao lado do Giassi Supermercados, antes de seguir viagem rumo à Rua Júlio Gaidzinski e SC-108.

A ocorrência, administrada por uma equipe da DTT, chamou a atenção dos curiosos e tornou ainda mais problemático o fluxo no local.