Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

“A possibilidade de PP, PSD e PSDB estarem juntos é praticamente zero”

Marcos Vieira, presidente estadual do PSDB, não descarta chapa pura nas Eleições 2018
Por Clara Floriano Criciúma - SC, 26/06/2018 - 09:57Atualizado em 26/06/2018 - 10:09
(foto: divulgação/ Alesc)
(foto: divulgação/ Alesc)

As convenções partidárias neste ano começam no dia 20 de julho e vão até o dia 5 de agosto. Alguns partidos já tem seus pré-candidatos: O PP tem Esperidião Amin, o PSD tem Gelson Merisio e o PDSB tem Paulo Bauer. Apesar disso, ainda há muita indefinição, já que alianças ainda podem ser formadas.

No sábado a executiva estadual e confirmou a pré-candidatura de Bauer e deu a ele o “poder” de negociar alianças. Hoje, o jornalista Adelor Lessa entrevistou Marcos Vieira, deputado estadual e presidente estadual do PSDB, sobre o assunto.

“Paulo Bauer foi escolhido como nosso pré-candidato e esta posição se mantem inalterada. A reunião do último sábado foi para tratar de questões internas do partido, da nominada de candidatos a deputado estadual, federal, estrutura do partido e de campanha. Evidentemente que colocamos na pauta a questão pessoal do senador, que ele fez de forma clara e transparente”, contou.

Vieira afirmou que o quadro eleitoral já está quase definido. “A possibilidade é praticamente zero de PP, PSD e PSDB estarem juntos. Porque o deputado Merisio é o candidato do PSD e junto ao PSD está o Progressista do ex-governador Esperidião Amin. Somente outra convenção é que poderá mudar o rumo dos progressistas. Ou seja, os deputados estaduais desejam estar com o Merisio. E se Esperidião Amin deseja ser candidato ou apoiar a nossa candidatura, deverá colocar isso na convenção progressista e deverá ganhar essa convenção. Por isso, acho difícil fazer essa coligação. Até porque do lado do PSDB nós temos bem claro e consolidado o senador Paulo Bauer como candidato”.

Segundo Vieira, entre os ‘grandes partidos’ de Santa Catarina, quatro candidaturas estão quase consolidadas. “Temos um quadro pintado com quatro candidaturas, somente um aborto da natureza vai fazer estes partidos desistirem da sua pré-candidatura. O que cada qual está fazendo é procurar aqueles que não tem condições de lançar seus pré-candidatos para serem seus parceiros”, esclareceu.

O PSDB continua buscando parceiros, mas pode ir para as Eleições 2018 em chapa pura. “Nomes nós temos. É o único partido que tem nomes para preencher as quatro vagas da majoritária. O nosso pré-candidato é Paulo Bauer. Temos outros nomes importantes. No ano passado eu ainda citava o nome do prefeito Clésio Salvaro que não se compatibilizou. A deputada Geovania de Sá se tornou uma das principais lideranças de Santa Catarina, é muito inteligente, trabalha muito, exerce seu mandato na plenitude e orgulha muito o PSDB de Santa Catarina. Não tenho dúvida que o ex-prefeito de Blumenau, Napoleão Bernardes, já demonstrou porque veio e colocou Blumenau nos trilhos. E tem o meu próprio nome que tem sido lembrado por essa militância guerreira do PSDB. E com perspectiva real de ganhar esta eleição”, disse.