Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

A luta de Fontanella para voltar à prefeitura

Prefeito afastado busca recurso na Justiça para retomar mandato
Denis Luciano
Por Denis Luciano Lauro Müller, SC, 03/12/2019 - 08:10Atualizado em 03/12/2019 - 08:11
Casa do prefeito Fontanella em Lauro Müller (Foto: Denis Luciano)
Casa do prefeito Fontanella em Lauro Müller (Foto: Denis Luciano)

Cerca de 24 horas depois da entrega do ofício comunicando o afastamento pelo Tribunal de Justiça, a campainha da casa do prefeito Valdir Fontanella (PP) voltou a tocar. Desta vez, a reportagem da Rádio Som Maior e do 4oito que veio a Lauro Müller conferir o dia seguinte ao relevante fato político, resultado da Operação Seguindo Rastro do Gaeco e do Ministério Público (MP-SC).

A esposa do prefeito abriu a porta. Cordial, ela informou que o marido saiu logo cedo, antes das 7h. Acompanhado de advogados, reúne-se e prepara o recurso que leva ainda hoje ao TJ-SC. Como não é condenado nem acusado, Fontanella quer responder à investigação no exercício do mandato.

A primeira-dama contou, ainda, que Fontanella esteve inicialmente abatido e surpreso mas que agora encontra-se confiante na retomada do mandato. Ele deve ir de helicóptero a Florianópolis, agilizando o deslocamento à Capital para entregar o recurso junto ao TJ.

Enquanto isso, o vice Pedro Barp toca a rotina da prefeitura. Ele chegou às 7h20min, depois de uma reunião no pátio de máquinas com servidores, atendeu à reportagem da Som Maior e em seguida começou a preparar reunião com o secretariado, que começa às 9h.

O clima é de calmaria e alguma perplexidade na cidade. O afastamento de Fontanella é por no máximo 180 dias. O processo investiga possíveis fraudes em licitações, corrupção ativa e passiva e peculato.