Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Formula 1 vira Nascar, e Pérez conquista sua segunda vitória

GP do Azerbaijão teve seus toques americanizados, que resultou numa corrida maluca
Thiago
Por Thiago 07/06/2021 - 11:43Atualizado em 07/06/2021 - 18:11

A Formula 1 esteve em Baku neste final de semana para a sexta etapa da temporada, numa pista que já prometia ter uma das melhores corridas do ano, pelo fato de ser o circuito mais completo do calendário.

Além da pista ser cheio de características diferentes, os carros estavam bem mais equilibrados do que o normal. A Ferrari tinha um carro mais rápido nas curvas, o motor Mercedes era um monstro de retas e a Red Bull mostrava ter um conjunto mais completo. A briga pela pole já estava bem mais aberta que o tradicional Hamilton x Verstappen, tanto que foi Charles Leclerc que conquistou a melhor volta (de novo!).

Na corrida, a Ferrari perdeu terreno, e a Red Bull cresceu. Verstappen e Sergio Pérez ultrapassaram Hamilton nos boxes,  e a dobradinha da equipe dos energéticos estava feita. O britânico continuava a pressionar e o restante do pelotão continuava muito próximo. De repente, há quatro voltas do fim, no meio da reta principal, o pneu traseiro do líder da prova estourou e Verstappen estampou o muro em cheio, a bandeira vermelha foi acionada.

Pérez era líder, com Hamilton em segundo e Sebastian Vettel, com uma mera Aston Martin, o terceiro. A corrida retornou com uma nova largada parada, fatando apenas duas voltas para o fim, parecendo as 'prorrogações' da Nascar. Na relargada, Hamilton passa reto na primeira curva e joga a liderança do campeonato fora, Pérez, Vettel e Gasly se aproveitam e conquistam o pódio mais improvável da temporada.

Desde que a norteamericana Liberty Media assumiu o comando da Formula 1, a categoria vem ganhando uma cara muito mais interessante e de entretenimento, que de fato vem repopularizando o esporte.

Fiquem aqui com os melhores momentos da corrida, porque esse merece:

 

4oito

Deixe seu comentário