Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Mamografia e vacina Covid

Por Renato Matos 07/07/2021 - 13:54Atualizado em 07/07/2021 - 13:55

Linfonodomegalia é o termo usado para definir um aumento dos gânglios linfáticos, popularmente conhecida como ínguas.

Geralmente está associada a algum processo infeccioso, mas eventualmente pode sinalizar a presença de algum tumor.

A mamografia é um exame radiológico usado para detecção do câncer de mama.

Faz parte desse exame, a avaliação de gânglios axilares – seu aumento pode sugerir a presença de alguma metástase.

Entra aí, a vacina contra a Covid.

Uma reação rara após a aplicação de uma vacina no membro superior é o aumento dos gânglios axilares no mesmo lado da injeção.

Pode acontecer com a vacina do sarampo, da gripe - e com a vacina contra a Covid.

Não sinaliza nenhuma gravidade ou problema na aplicação da dose.

Mas pode confundir o radiologista quando da interpretação de uma mamografia.

Para normatizar a realização desse exame de rastreamento, a Sociedade Brasileira de Mastologia, juntamente com outras entidades relacionadas, recomenda que seja realizado antes da primeira dose ou quatro semanas após a segunda dose da vacina contra a Covid-19.

Em casos específicos, converse com seu ginecologista.

4oito

Deixe seu comentário