Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Por que a gente não vai gritar "Série C" pro Figueirense nesse domingo?

A resposta é óbvia mas o porquê não é!
Roberto Lima
Por Roberto Lima 07/03/2020 - 19:15Atualizado em 07/03/2020 - 20:14

Final de 2019 e eu pronto pra gerar 500 postagens rindo da cara dos torcedores do Figueirense.

Já quero deixar claro que jamais vou trabalhar no Figueirense, por que simplesmente odeio o Figueirense!

Mas como um clube na completa bagunça, salários atrasados, jogadores protestando, time perdendo por WO, 18 jogos sem vencer, consegue fugir do rebaixamento?

Primeiro, é preciso lembrar que os times que brigaram pra não cair deram uma força. Em outros anos o time da capital teria caído.

Mas não foi o fator preponderante. O Figueirense saiu de 18 jogos sem vitória para 10 jogos sem derrota.

O que mudou? Investidor injetou dinheiro? Contrataram jogadores caros? Compraram o juíz? Federação ajudou? NÃO!

A resposta é: MUDANÇA DE CLIMA!

Uma mudança de clima e ambiente que passaram por mudanças reais e na base do problema. Quando a situação é grave e pesada, não basta palavras de efeito e frases prontas. É preciso de mudança de fato! O torcedor hoje tem conhecimento de tudo que acontece no clube. Não há mais espaço pra falsas promessas.

O que gerou essa mudança foi a saída insustentável da gestão que estava até aquele momento. Dívidas irresponsáveis e promessas não cumpridas. O conselho teve que agir e tirar o então presidente da Elephant, em contrato assinado em 2017 com o prazo de 20 anos mas que durou apenas 2. O presidente era Claudio Honigman.

A partir daí formou-se um clima de reconstrução. Com a energia pesada da Elephant fora de cena, a torcida do timeco do Figueirense voltou. O ambiente mudou, torcedores e jogadores engajados pelo mesmo propósito: fugir do provável rebaixamento. E conseguiram! Depois de 10 jogos sem perder.

Ajudados por quem? Por nós! Que seguimos com a mesma gestão, mesmo presidente, mesma forma de agir e agora na Série C! Faltando 2 anos para o término do contrato, só resta programar a transição.

Agora eu pergunto: ambiente externo ajuda? Eu digo que não! Ambiente externo é mais que isso, ele é determinante!

De nada timeco do Estreito... Podem gritar "Série C", dane-se... estaremos na arquibancada acompanhando o Criciúma do mesmo jeito!

4oito

Deixe seu comentário