Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Nos tornamos MEDÍOCRES e nem nos demos conta disso

Anos e mais anos se apequenando foi transformando nosso modo de agir e pensar
Roberto Lima
Por Roberto Lima 03/02/2020 - 10:13Atualizado em 03/02/2020 - 11:36

Já aviso que me coloco nesse padrão também. Mas alguém tem que colocar o dedo na ferida e escrever aquilo que "não dá like!"

Me incomoda quando a pauta das conversas nos grupos de whatsapp (antes era no bar, te atualiza!) começam a dar muito espaço pra reclamações contra a arbitragem.

Me incomoda ver um incompetente de carteirinha transferindo toda a responsabilidade pra cima de arbitragem.

É aí que eu pergunto: quem é o Criciúma Esporte Clube hoje?

Tô dizendo que não é pra reclamar dos erros? NÃO TÔ! Tem que reclamar sim!

Mas a gente não pode deixar de analisar a fundo! Não podemos deixar de refletir o porquê de estar acontecendo tudo isso com o nosso clube. Devemos refletir também sobre o nosso comportamento.

Vou ser sincero, me incomoda pra caral*** ficar reclamando de erros em jogos contra JUVENTUS, TUBARÃO, MARCÍLIO E CONCÓRDIA!!!!!!! Olhem pra essas babas!! Com todo respeito, mas nós somos o Criciúma Esporte Clube porr**!

Era pra PASSARMOS POR CIMA desses times e hoje não temos poder nem pra fazer um árbitro ter medo de errar contra nós. Os árbitros não tem medo de errar contra o Criciúma, já pensou nisso?

Não posso e nem vou levantar a tese de ser algo premeditado. E se for, também significa que não temos relevância.

Temos um presidente que não tem crédito com ninguém, uma minoria da imprensa baba ovo, que ousa falar no ar "sou amigo pessoal do treinador" e um clube que se transformou em um time de bairro! Enquanto isso, reclamamos da arbitragem.

O Criciúma Esporte Clube não consegue ser maior que um árbitro de Catarinense. Nos tornamos pequenos e medíocres em aceitar isso e cair nessa cortina de fumaça.

Estão errando? Sim!

Devemos cobrar? Sim!

Mas não vamos cair nessa armadilha! Nossa mudança maior continua sendo a estrutural e mental.

Pessoas no clube que não vivem o clube. Ambiente pesado. Processos defasados. Diretores estagiando. Clube fechado. Falta de transparência. Comunicação amadora. 

Respeito não se impõe. Respeito se conquista!

Até o próximo jogo!

4oito

Deixe seu comentário