Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Vereadores aprovam contas da prefeitura de Criciúma

Na votação pela aprovação 11 votos favoráveis e apenas 5 contra
Gregório Silveira
Por Gregório Silveira Criciúma, SC, 15/09/2020 - 18:49Atualizado em 15/09/2020 - 18:51
Foto: Arquivo / 4oito
Foto: Arquivo / 4oito

Em sessão remota nessa terça-feira, 15, os vereadores de Criciúma aprovaram por 11 votos favoráveis e apenas 5 contrários, as contas da prefeitura municipal de Criciúma do ano de 2018.

Um relatório feito pelo vereadore Zairo Casagrande (PDT), pedia que as contas fossem reprovadas por surgimento, segundo o parlamentar, de indícios de irregularidades. O documento chegou a ser aprovado  pela comissão de Fiscalização e Controle da casa legislativa, por 3 votos a 1.

O relatório ressalta em seu texto que: "O município de Criciúma vem ocupando as páginas de jornais e noticiários, com fartura em denúncias de casos de desvios e corrupção. Destaca-se a existência de 6 ações de improbidade administrativa em andamento ajuizadas em um intervalo de nove meses, entre agosto de 2019 e maio de 2020, pelo Ministério Público." 

Ainda de acordo com o documento há existência de superavit financeiro no valor de R$ 32.134.297,57, conforme relatório do Tribunal de Contas do Estado  (TCE), e que mesmo assim, obrigações legais não foram cumpridas. "É inaceitável haver R$ 32 milhões em caixa e ter filas gigantescas na saúde por exames e consultas. São mais de 35 mil consultas e 7 mil exames na fila de espera", afirmou o relator Zairo Casagrande. 

 

 

Confira o relatório que foi rejeitado: