Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Unimed no São João Batista: investimento em cardiologia e pediatria

Hospital seguirá com os atendimentos eletivos e não acontecerão demissões
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 12/09/2019 - 11:12Atualizado em 12/09/2019 - 11:46
Foto: Dani Niero
Foto: Dani Niero

Desde quarta-feira, 11, o Hospital São João Batista está sob os cuidados da Unimed, que arrendou a unidade por 20 anos. Não é uma compra, mas essa poderá ser efetivada durante este período. Nesta quinta-feira, 12, o presidente da empresa de planos de saúde em Criciúma, Leandro Avany Nunes, concedeu uma coletiva de imprensa para explicar o negócio.

“Vamos investir na área de cardiologia, que é uma área prioritária e representa 10% dos atendimentos no Brasil. A maior causa de morte, fora as neoplasias, são as cardiovasculares e quando ele é atendido rapidamente conseguimos salvar mais de 90% dos pacientes”, prometeu o médico.

A informação foi passada em primeira mão pelo jornalista Adelor Lessa, durante seu programa na Rádio Som Maior. Hoje o presidente de Unimed esteve na emissora, detalhando como será esse procedimento de adequação dos serviços. Aqui você pode conferir mais detalhes sobre a entrevista no estúdio.

Como ficarão os outros planos de saúde?

“O Hospital São João já presta atendimento para os usuários da Unimed e a gente vai manter, a gente acredita que consiga ampliar, queremos aumentar o número de clientes. Na nossa região temos um índice muito baixo, há uma pobreza inerente, então 15% da população tem plano de saúde, enquanto em outras regiões a média é 25%”, comentou. Além disso, o presidente prometeu manter atendimentos para outros planos de saúde. 

Investimento em pediatria

“Hoje à noite teremos uma reunião com o núcleo de pediatria, para melhorar o atendimento. A doutora Clarissa é pediatra, vamos tentar resolver esse problema para reduzir a espera no pronto-socorro”, comentou. Clarissa Inês Almeida é a vice-presidente da Unimed em Criciúma. 

Na cidade a empresa investiu R$ 3 milhões em equipamentos para a UTI neonatal, com dinheiro vindo dos cooperados. “A nossa prioridade é a UTI neonatal, que não temos na cidade e as crianças que nascem devem se dirigir a Tubarão. Nós tivemos a promessa de que em algumas semanas vamos receber o alvará provisório para esses atendimentos”, citou o presidente.

(foto: Matheus Reis)


Sem demissões

“Hoje a Unimed tem 535 funcionários no Hospital, mais 115 no plano de saúde e aqui são 243. A intenção é não demitir ninguém. Queremos trabalhar com as pessoas que já estão aqui com a gente. A ideia é criar mais empregos, já que teremos mais demanda”, prometeu Avany Nunes.

Outras novidades

O foco do São João Batista será nos atendimentos cardíacos, que já são realizados e devem ser reforçados, assim como as oito salas de cirurgias. No Hospital Unimed serão feitos os atendimentos de urgência, enquanto no SJB seguem os eletivos. O estacionamento do hospital também deve passar por melhorias.